Select Page

Os bons filhos voltam à casa que os viu e fez crescer

Mika e João Vieira fizeram a formação na União de Leiria. Regressaram esta época Foto: Joaquim Dâmaso

Um enche a baliza, o outro roda o calcanhar para a frente quando recebe a bola. É assim agora e era assim há dez anos quando Mika e João Vieira alinhavam nos juniores da União de Leiria, um em cada ponta do terreno de jogo.

O percurso dos dois jogadores seguiu caminhos diferentes nesta década. Houve empréstimos, estreias na liga e em campeonatos estrangeiros mas, esta temporada, os dois voltaram a cruzar-se na União de Leiria, o clube que os viu e fez crescer.

“Jogar no clube da cidade é sempre algo que deixa uma pessoa muito feliz. Estava no Moreirense, fui emprestado ao Vizela na época passada e cheguei a acordo para rescindir. Recebi a proposta da União de Leiria e o coração falou mais alto”, diz o avançado leiriense que tem sido opção regular do treinador Rui Amorim. Dos 33 encontros realizados pelos leirienses, João Vieira cumpriu 28. Na última jornada, com o Atlético Marinhense, cumpriu jogo de castigo por acumulação de amarelos.

Mika regressou à União de Leiria em março, após dois meses longe dos relvados, depois de ter rescindido com o Sunderland, equipa da segunda divisão inglesa, naquela que foi a sua primeira experiência no estrangeiro. “Não estava a fazer aquilo que mais gosto, que é jogar e pôr em prática aquilo que sei fazer. Regressei a Portugal com o objetivo de voltar à competição e tive o convite para regressar à casa. Vi isso com bons olhos e aceitei de braços abertos”, reconhece.

Foi enquanto juvenis que Mika e João Vieira jogaram juntos pela primeira vez. Na conversa com o REGIÃO DE LEIRIA, a dupla juntou mais um protagonista à história – Ruben Brígido, atualmente no Beroe, na Bulgária – e conta que durante anos, “a tripla maravilha fez sucesso”. “Recordo-me bem. Eu estava lá atrás, mandava a bola para o João, ele colocava o calcanhar para a frente na receção, como ainda faz, e tocava para o Brígido”, recorda Mika.

“Às vezes levávamos com cada massacre… Mas o MiKa enchia a baliza. Nós nem precisávamos de falar, o Mika mandava a bola, eu já estava a correr e a bola rolava”, reforça o ponta de lança.

Às vezes levávamos com cada massacre… Mas o Mika enchia a baliza. Nós nem precisávamos de falar, o Mika mandava a bola, eu já estava a correr e a bola rolava.”

João Vieira

Não estava a fazer aquilo que mais gosto, que é jogar e pôr em prática aquilo que sei fazer. Regressei a Portugal com o objetivo de voltar à competição e tive o convite para regressar à casa [de partida]. Vi isso com bons olhos e aceitei de braços abertos”.

Mika

Ligação contínua

Um clube mais organizado, estável e com potencial para chegar ao escalão mais elevado do futebol português, foi a realidade que os dois craques se depararam no regresso. A ligação com a União de Leiria nunca foi cortada e, oito anos depois, reencontraram Ilídio Biscaia, “que era o roupeiro”, Paulo Tomaz, diretor desportivo dos juniores, e ‘Balatcha’ Bruno Ribeiro. “Ele nem era roupeiro, era motorista na altura. E apanhava as bolas… mudou de profissão”, brinca João Vieira.

“Eu ainda estive uma época com a União de Leiria na I Liga [com Pedro Caixinha como treinador] e a principal diferença é a estabilidade. Nota-se mais organização e coordenação, isso é o primeiro passo para conseguir regressar ao que toda a gente quer, a I Liga num futuro próximo”, admite Mika.

A equipa conseguiu a vitória na série C do Campeonato de Portugal à 27ª jornada, com 15 jogos sem perder. Seguiu-se uma derrota, com o Lusitano, e o empate, no domingo passado com o Atlético Marinhense. Domingo, dia 22, às 16 horas, cumpre-se a última jornada da primeira fase do campeonato, com o Águias do Moradal (já despromovido) e o plantel espera ver a bancada composta.

“Os adeptos são importantes e fundamentais para o jogo. Não só no próximo domingo mas daí para a frente”, reconhece o guarda-redes, que foi titular no jogo com o Benfica de Castelo Branco.

“Apesar do momento muito positivo que a equipa tem vivido esta época, sabemos que ainda não é o sucesso total. Este jogo vai ser importante para preparar os do play off. Será um bom teste em casa”, acrescenta João Vieira, que é também o melhor marcador da equipa (19 golos) e da série C do Campeonato de Portugal (16 golos, os mesmos que o companheiro de equipa Leandro).

Quem vai ganhar a corrida de melhor marcador? “[risos]… não há corrida. Se ele marcar eu fico feliz e, se eu marcar, tenho a certeza que ele também fica feliz. Temos estado os dois muito bem mas só porque temos por trás uma equipa que nos deixa fazer estes golos todos”, defende.

Sorteio na segunda

O sorteio do play off está agendado para segunda-feira, dia 23, com os vencedores de cada série e os três melhores segundos classificados. O play off será disputado em eliminatórias a duas mãos. Os vencedores voltam a sorteio para as meias finais, também a duas mãos. As equipas que se apurarem para a final sobem à II Liga.

O modelo usado pela Federação para a fase final merece críticas dos jogadores, por não premiar a regularidade da época, embora possam realizar um dos jogos em casa, e contar com o apoio dos adeptos. “São jogos mais decisivos mas estamos confiantes”, diz o avançado.

 

Percurso

Domingo, dia 22, às 16 horas, cumpre-se a última jornada da primeira fase do campeonato, com o Águias do Moradal (já despromovido) e o plantel da União de Leiria espera ver a bancada composta. A equipa lidera a série C do Campeonato de Portugal com 70 pontos (22 vitórias, 4 empates, 3 derrotas)

Michael Domingues 'Mika'

Guarda-redes da União de Leiria

Idade 27 anos
Posição guarda-redes
Naturalidade Pombal
Clubes
Sporting Pombal (2002-2006)
União de Leiria (2007-2011)
Benfica (2012-2013)
Atlético CP (2013-2014)
Boavista (2014-2016)
Sunderland (2016-2018)
União de Leiria (2018-…)

João Vieira

Avançado da União de Leiria

Idade 26 anos
Posição avançado
Naturalidade Leiria
Clubes
União de Leiria (2002-2010)
Atlético Reguengos (2010 – 2011)
Marítimo (2011-2013)
Torreense (2013-2014)
Chaves (2014-2015)
Moreirense (2015-2016)
Feirense (2015-2016)
Vizela (2016-2017)
União de Leiria (2018-…)

Marina Guerra
Jornalista
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Joaquim Dâmaso
Fotojornalista
joaquim.damaso@regiaodeleiria.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com o fim dos comandos distritais da Proteção Civil?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This