Assinar Edições Digitais
Marinha Grande

Junta de freguesia de Vieira de Leiria está disponível a prestar auxílio a lesados

Autarquia está a acompanhar situações que se verificam na freguesia e vai auxiliar proprietários a dar conta dos prejuízos às seguradoras e entidades oficiais.

Desde as primeiras horas, Álvaro Cardoso, presidente de junta de Vieira de Leiria, esteve no terreno a acompanhar todas as ocorrências que se registaram na freguesia, na sequência da passagem do furacão Leslie, na noite do último sábado e madrugada de domingo.

Feito o primeiro levantamento das ocorrências, limpas as artérias da freguesia e repostas as comunicações, luz e água, é agora tempo de avaliar os prejuízos. Para ajudar as populações que foram atingidas pelo temporal, o executivo da Junta de Freguesia disponibiliza a partir de hoje, segunda-feira, um formulário onde podem descrever os danos que sofreram em habitações, negócios e outros, bem como acompanhamento para que se possam efectuar as comunicações dos estragos às seguradoras.

“À semelhança do ano passado, com os incêndios, em que a junta de freguesia foi chamada para o preenchimento dos impressos para as candidaturas no âmbito do Ministério da Agricultura, vamos antecipar isso, para estarmos preparados a responder se assim formos questionados. Já dei instruções nesse sentido, para a partir de amanhã [segunda-feira] , as pessoas, que se dirigirem à junta, preencherem um registo com a sua identificação e os danos verificados pelo temporal”, explicou ao REGIÃO DE LEIRIA.

Quanto aos negócios atingidos pelo furacão, Álvaro Cardoso acredita que apesar do “abalo”, os proprietários vão recuperar os estabelecimentos. “Os apoios de praia foram os mais lesados e as coberturas ficaram em plena marginal. Penso que os negócios não estão em risco, há uma grande determinação da parte dos proprietários em reconstruir e retomar as atividades o quanto antes”, referiu.