Select Page

Guia Michelin: Restaurantes da região permanecem com destaque especial

O Convite, em Fátima, é um dos restaurantes Prato Michelin avaliado com “ótimo nível” Foto: ROC

Ocorrida no último dia 21, a mais recente cerimónia do Guia Michelin já era histórica antes mesmo de ser. Para além das esperadas estrelas, a cerimónia de gala do guia gastronómico mais respeitado do mundo teve o marco de realizar-se pela primeira vez em território português, mais precisamente no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Apesar do distrito de Leiria e o concelho de Ourém não aparecerem escalados na classificação principal da constelação Ibérica, a região manteve-se entre os destaques especiais com seleções de “Prato Michelin” e “Bib Gourmand”, sendo o segundo direcionado a opções de melhor relação qualidade-preço.

Dos 105 sítios elencados a nível nacional como “uma boa comida, nem mais nem menos”, oito estão em nosso território.

Localizado em Fátima, o tradicional Tia Alice continua definido como uma cozinha de qualidade, enquanto em Monte Real o guia recomenda o Paços da Rainha com sua “aposta numa cozinha de autor inovadora com influência tradicional portuguesa e mediterrânica”.

Peniche, por sua vez, aparece representada pelo Nau dos Corvos (em período de obras até março de 2019), assim como Alcobaça, com o simpático António Padeiro. Batalha, todavia, perdeu a representação que tinha até então pelo Mosteiro do Leitão, mesma situação vivida pelo O Casarão.

O restaurante Comendador Silva fica localizado em Óbidos Foto: RCS

A vocação de Leiria, entretanto, perdurou nas experiências gastronómicas de conta moderada, até 30 euros. As indicações continuam remetendo ao Casinha Velha, uma “cozinha caseira e saborosa” com mais de mil referências na carta de vinhos, e ao Dom José, casa familiar “de estética atualizada e com uma agradável esplanada exterior”, diz a edição.

Ao contrário das expectativas, não foi desta vez que Portugal alcançou a classificação máxima da boa mesa (leia-se três estrelas ou “cozinha única”, como define a publicação), mas conseguiu ampliar ainda assim o leque de recomendações, alcançando de forma inédita Bragança e Guimarães, com os seus respetivos G Pousada e A Cozinha, ambos agora com uma estrela. O restaurante Alma, de Henrique Sá Pessoa, também brilhou ao subir de patamar e somar duas estrelas, unindo-se ao Belcanto, de José Avillez.

Guia Michelin na região
Restaurante (localização) // Avaliação

Prato Michelin
António Padeiro (Alcobaça) // Simples
Comendador Silva (Óbidos) // Bom nível
Nau dos Corvos (Peniche) // Bom nível
O Convite (Fátima, Ourém) // Ótimo nível
Paços da Rainha (Monte Real, Leiria) // Ótimo nível
Sabores d’Itália (Caldas da Rainha) // Bom nível
Taberna d’Adélia (Nazaré) // Simples
Tia Alice (Fátima, Ourém) // Bom nível

Bib Gourmand (experiências até 30 euros)
Casinha Velha (Leiria) // Simples
Dom José (Bombarral) // Simples

Em Monte Real, concelho de Leiria, Paços da Rainha manteve a boa classificação do Guia  Foto: RPR

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda que o salário mínimo seja diferente para os sectores público e privado?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Publicidade

Semana de Moldes 2018

Share This