Select Page

Guia Michelin: Restaurantes da região permanecem com destaque especial

O Convite, em Fátima, é um dos restaurantes Prato Michelin avaliado com “ótimo nível” Foto: ROC

Ocorrida no último dia 21, a mais recente cerimónia do Guia Michelin já era histórica antes mesmo de ser. Para além das esperadas estrelas, a cerimónia de gala do guia gastronómico mais respeitado do mundo teve o marco de realizar-se pela primeira vez em território português, mais precisamente no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Apesar do distrito de Leiria e o concelho de Ourém não aparecerem escalados na classificação principal da constelação Ibérica, a região manteve-se entre os destaques especiais com seleções de “Prato Michelin” e “Bib Gourmand”, sendo o segundo direcionado a opções de melhor relação qualidade-preço.

Dos 105 sítios elencados a nível nacional como “uma boa comida, nem mais nem menos”, oito estão em nosso território.

Localizado em Fátima, o tradicional Tia Alice continua definido como uma cozinha de qualidade, enquanto em Monte Real o guia recomenda o Paços da Rainha com sua “aposta numa cozinha de autor inovadora com influência tradicional portuguesa e mediterrânica”.

Peniche, por sua vez, aparece representada pelo Nau dos Corvos (em período de obras até março de 2019), assim como Alcobaça, com o simpático António Padeiro. Batalha, todavia, perdeu a representação que tinha até então pelo Mosteiro do Leitão, mesma situação vivida pelo O Casarão.

O restaurante Comendador Silva fica localizado em Óbidos Foto: RCS

A vocação de Leiria, entretanto, perdurou nas experiências gastronómicas de conta moderada, até 30 euros. As indicações continuam remetendo ao Casinha Velha, uma “cozinha caseira e saborosa” com mais de mil referências na carta de vinhos, e ao Dom José, casa familiar “de estética atualizada e com uma agradável esplanada exterior”, diz a edição.

Ao contrário das expectativas, não foi desta vez que Portugal alcançou a classificação máxima da boa mesa (leia-se três estrelas ou “cozinha única”, como define a publicação), mas conseguiu ampliar ainda assim o leque de recomendações, alcançando de forma inédita Bragança e Guimarães, com os seus respetivos G Pousada e A Cozinha, ambos agora com uma estrela. O restaurante Alma, de Henrique Sá Pessoa, também brilhou ao subir de patamar e somar duas estrelas, unindo-se ao Belcanto, de José Avillez.

Guia Michelin na região
Restaurante (localização) // Avaliação

Prato Michelin
António Padeiro (Alcobaça) // Simples
Comendador Silva (Óbidos) // Bom nível
Nau dos Corvos (Peniche) // Bom nível
O Convite (Fátima, Ourém) // Ótimo nível
Paços da Rainha (Monte Real, Leiria) // Ótimo nível
Sabores d’Itália (Caldas da Rainha) // Bom nível
Taberna d’Adélia (Nazaré) // Simples
Tia Alice (Fátima, Ourém) // Bom nível

Bib Gourmand (experiências até 30 euros)
Casinha Velha (Leiria) // Simples
Dom José (Bombarral) // Simples

Em Monte Real, concelho de Leiria, Paços da Rainha manteve a boa classificação do Guia  Foto: RPR

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo