Select Page

GNR de Leiria chamada a transportar um órgão do hospital de Leiria para Coimbra

Transporte foi efetuado nas “condições térmicas exigidas” entre os hospitais de Leiria e de Coimbra Foto: GNR

Os transportes de órgãos efetuados pela GNR de Leiria não são frequentes, mas na terça-feira passada uma patrulha de Trânsito foi chamada a realizar o seu primeiro transporte do ano do Hospital Santo André para os Hospitais da Universidade de Coimbra.

Segundo o Comando Territorial de Leiria da GNR, a patrulha foi mobilizada de imediato após o contacto da unidade de Saúde, para efetuar o transporte, “nas condições térmicas exigidas, até ao bloco operatório da unidade hospitalar requisitante”.

“A qualidade e segurança da transplantação de órgãos depende do tempo necessário para o seu transporte, competindo assim à GNR, e em respeito das condições de segurança, chegar ao destino no menor tempo possível, contribuindo deste modo para o salvamento de mais uma vida”, acrescenta o comando na sua página do Facebook.

A prestação deste serviço é assegurada a nível nacional pela GNR desde 1994, através da sua valência de trânsito.

Desde 2010 e até ao final de 2018, a GNR realizou 2.303 transportes de órgãos, tendo percorrido mais de 350 mil quilómetros entre várias unidades de saúde.

Em 2018, a GNR transportou, em todo o país, 329 órgãos (mais 45 do que em 2017), percorreu 56.366 quilómetros (mais 15.220 do que no ano anterior) e mobilizou 663 militares (mais 94 do que em 2017).

Em comunicado, a GNR adianta que Lisboa foi o distrito com mais transportes requisitados (66), seguindo-se Coimbra (52) e Setúbal (49). 

Para distâncias superiores a duas horas, são mobilizados meios aéreos, nomeadamente da Força Aérea Portuguesa e do Instituto Nacional de Emergência Médica, desde que as condições atmosféricas o permitam.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A programação da Capital Europeia da Cultura deve ou não incluir espetáculos tauromáquicos?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This