Select Page

Leiria Run testa escadas da cidade sem esquecer pegada ecológica

Trocar os copos de plástico por copos de papel ou garrafas reutilizáveis, plantar árvores nas margens do rio Lis para compensar as emissões de dióxido de carbono geradas pelos participantes no evento e não utilizar plástico descartável são algumas das ações que a prova de 2019 do Leiria Run vai realizar a pensar num planeta mais sustentável.

Na apresentação da prova de corrida e caminhada que acontece em Leiria no dia 4 de maio, Carlos Palheira, vereador do Desporto da Câmara de Leiria, adiantou que “este será um desafio que vai permitir conhecer melhor a cidade”.

As inscrições limitadas a 2.500 participantes na caminhada e 1.000 na corrida já estão quase esgotadas. Até ao dia de ontem, a organização tinha registo de 2.400 inscrições e espera superar o número alcançado em 2018 ante da data de encerramento de inscrições, prevista para 1 de maio.

“O Leiria Run muda de percurso todos os anos e este ano procurámos ser ainda mais diferentes. A corrida vai reaizar-se numa zona da cidade, enquanto a caminhada estará no outro ponto da cidade. Toda a cidade vai estar mobilizada para o evento”, disse Carlos Monteiro, do COC, um dos clubes parceiros da iniciativa.

Com partida às 20 horas, a caminhada de 9 km será o primeiro grupo a chegar ao estádio de Leiria, ponto de chegada do Leiria Run, e instantes antes dos primeiros atletas da prova de corrida (12 km), que só pelas 21 horas partem da praça Rodrigues Lobo.

“Vamos brindar os participantes com pontos diferentes, alguns locais onde muitas pessoas nunca passaram na cidade. Haverá a tradicional passagem no rio e, esta será a edição com mais escadas de sempre do Leiria Run”, acrescentou.

Os percursos serão vigiados por mais de 170 voluntários, 80 dos quais só para a corrida, nas várias vertentes da prova: abastecimento, corte de trânsito, indicação de trajecto, secretariado, cronometragem,… Para quem a corrida ou a caminhada não é o seu forte e preferir estar nos bastidores da prova, a Câmara de Leiria dispõe de um banco de voluntariado onde se pode inscrever: http://bit.ly/2SSroo8

Uma das novidades da edição deste ano é a entrega de uma garrafa reutilizável a todos os participantes da caminhada, em troca das habituais garrafas de água de plástico, e a utilização de copos de papel nos pontos de abastecimento para os atletas da corrida. “Será uma prova mais ecológica. Queremos reduzir a pegada e transportar este modelo para outros eventos desportivos da autarquia”, explicou o vereador.

Além disso, o evento será validado com o “selo verde”, ou seja, serão plantadas árvores nas margens do rio Lis para compensar as emissões de dióxido de carbono emitidas pelos participantes na prova (através de cálculo efetuado pelas deslocações até à prova, possíveis utilizações de bens, consumo de água,…) e redução do uso de plástico descartável.

A Câmara de Leiria organiza o Leiria Run com a colaboração do NEL-Pédatlea, Juventude Vidigalense, Clube de Orientação do Centro (COC), Associação Distrital de Atletismo de Leiria (ADAL) e LizRunners.

As caixas de correio das ruas onde a corrida e a caminha vão passar estão a receber um folheto informativo a dar conta dos constrangimentos do evento

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Acredita que a modernização da ferrovia em Portugal é, de facto, uma prioridade para este Governo?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo