Select Page

“NU” vence prémio para melhor vídeo em festival na Islândia

O arrojado projeto dos First Breath After Coma (FBAC), banda de Leiria que criou em parceria com a produtora Casota Collective um disco visual, “NU”, com oito episódios – um por cada tema – ganhou o prémio Melhor Vídeo Musical no festival Close-Up Reykjavik, na Islândia.

“Receber esta distinção, para além da enorme explosão de alegria, deixou-nos muito orgulhosos da evolução que temos vindo a conseguir enquanto banda”, afirma Roberto Caetano, um dos elementos dos FBAC.

O prémio é “um reconhecimento gigante, de um dos países que mais admiramos musicalmente em relação ao nosso trabalho mais ambicioso”.

Roberto recorda que o processo de criação do álbum visual “NU” “foi de loucos”, mas “são momentos como este, que nos dão força para continuar a arriscar dia após dia e a nunca repetir fórmulas”, sublinha.

Já Miguel Ferraz, dos Casota Colective considera que o prémio obtido no festival Close-Up “confere uma credibilidade extra e dá-nos uma motivação para continuar a tentar fazer coisas diferentes”.

“Este foi o nosso trabalho mais ambicioso até ao momento, em que apostámos muito de nós para que acontecesse realmente. Apesar de a produção e realização ter sido uma autêntica loucura, revelou-se também um grande período de aprendizagem, onde chegámos ao fim do processo mais ricos e certos daquilo podemos fazer no futuro”, assume Miguel, um dos elementos da produtora, de que fazem parte alguns elementos do FBAC.

O reconhecimento obtido no estrangeiro pode “abrir portas a novos mercados e a novas abordagens, algo que queremos muito para a Casota”, conclui.

O prémio no festival islandês surge depois da digressão europeia de apresentação de “NU” e antes de um conjunto de atuações em festivais este verão. A banda está a desenvolver uma residência artística com noiserv, a pensar na atuação no festival Bons Sons, em Cem Soldos, no dia 9 de agosto.

Ainda em agosto, os FBAC levam “NU” a Paredes de Coura, dia 16, ao espaço cultural Banhos Velhos, em Caldas das Taipas, dia 23, e ao Azores Burning Summer, em Porto Formoso, São Miguel, nos Açores, dia 31.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo