O empresário e autarca Francisco Rodrigues, mais conhecido por “Chico da Barosa”, morreu esta madrugada, com 85 anos.

Natural da freguesia de Barosa, concelho de Leiria, estava internado no Hospital de Coimbra desde o início da semana, divulgou o sobrinho Nuno Serrano.

Francisco Rodrigues foi dono da Exelis, empresa que vendia eletrodomésticos, gás e combustíveis. Mas foi na política onde mais se destacou. Ligado ao PSD, fez parte da Assembleia Municipal da Câmara de Leiria, entre 1990 e 1994, e foi também vereador, no mandato de 1994 a 1997, num executivo liderado por Afonso Lemos Proença.

Teve um papel influente dentro do PSD, onde chegou a presidente da Concelhia do partido.

Francisco Rodrigues esteve também ligado ao futebol: entre 1994 e 1997 foi presidente do Conselho de Arbitragem da associação de Leiria e, no mandado seguinte, integrou o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol.

A direção da Associação de Futebol Leiria determinou um minuto de silêncio em todos os jogos nos próximos dias 15, 16 e 17 de novembro, como homenagem a “Chico da Barosa”.

O velório realiza-se a partir das 17h30 de hoje, na Casa Mortuária da Barosa. O funeral de Francisco Rodrigues realiza-se amanhã, 16 de novembro, às 15 horas, na Barosa.