Uma semana depois do Sindicato dos Jogadores ter reunido com o plantel da União de Leiria, por salários em atraso, foi hoje divulgado que também a equipa do Centro Desportivo de Fátima solicitou a intervenção do Sindicato pela mesma razão.

“De acordo com as informações prestadas pelo plantel, os jogadores encontram-se com dois meses e meio de atraso no recebimento da sua remuneração, situação especialmente gravosa num período de festividades como este”, refere nota de imprensa do Sindicato.

A SAD do CD Fátima tem sido identificada como um dos casos do Campeonato de Portugal que está a passar por dificuldades financeiras e esta não é a primeira vez em 2019 que o Sindicato presta auxílio aos atletas. 

“O Sindicato irá intervir, na defesa dos jogadores da Centro Desportivo de Fátima, Futebol SAD, procurando acionar os mecanismos de apoio existentes”, refere a mesma nota.

“O Sindicato dos Jogadores volta, ainda, a alertar para a urgência em rever o modelo de licenciamento e escrutínio do investimento feito pelas SAD’s, e respetivos representantes, no Campeonato de Portugal, que continua a lesar os direitos e legítimas expetativas dos jogadores profissionais que participam nesta competição”, acrescenta.