Segundo dados recolhidos junto do Centro Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Leiria, ocorreram, até às 11 horas desta quinta-feira 12 quedas de árvores, quatro inundações, oito quedas de estruturas temporárias e ou móveis, uma queda de estrutura de edificado e quatro quedas da rede de fornecimento elétrico.

Espera-se entretanto, a partir do meio-dia de hoje, um agravamento das condições meteorológicas.

Para o distrito de Leiria, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu um aviso laranja para agitação marítima, prevendo-se ondas com 5 a 7 metros de altura significativa, podendo atingir 10/13 metros de altura máxima, até as 12 horas de sexta-feira.

Prevê-se ainda vento forte com rajadas até 100 km/hora, e até 130 km/h nas terras altas, situação que justifica um aviso laranja até às 3 horas da madrugada de sexta-feira.

Quanto à precipitação, manter-se á até à meia-noite de hoje “forte e persistente, podendo ser acompanhada de trovoada”.

À nível nacional, o mau tempo obrigou autoridades a responderem a 443 ocorrências, com 1237 operacionais e o apoio de 458 veículos, noticiou a Agência Lusa. A maioria dos casos ocorreu no distrito do Porto, seguido do de Braga.