A Valorlis acaba de anunciar que prevê completar no primeiro semestre deste ano a operação de disponibilização de 250 vidrões à população dos seis concelhos em que faz a recolha de resíduos urbanos.

A colocação de ecopontos verdes para separação de vidro “tem como objetivo aumentar a quantidade do que é enviado para reciclagem e vem complementar o investimento no reforço da rede de ecopontos”, refere a empresa em comunicado.

Este investimento será concluído com a aquisição de duas viaturas pesadas dedicadas à recolha de vidro, com “uma caixa inovadora que permitirá um melhor acondicionamento dos resíduos”.

“A deposição de embalagens de vidro, como garrafas, frascos e boiões nos ecopontos está ainda longe de atingir os índices desejáveis, o que justifica um investimento por parte da empresa em equipamentos para deposição”, explica a administradora delegada da Valorlis, Marta Guerreiro.

“Esta colocação será reforçada com a disponibilização de contentores de 240 litros para separação de vidro no canal Horeca (hotéis, restaurantes e cafés) e com ações de sensibilização para a correta utilização dos ecopontos, aumentando os hábitos de reciclagem da população”, adianta.

A Valorlis é a empresa responsável pela recolha seletiva e tratamento de resíduos urbanos dos municípios de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós.