Pombal continua a ser o concelho com mais casos confirmados na região: 25 até ao dia de ontem, onde se incluem três mortes devido a complicações associadas ao novo coronavírus ( 18 na freguesia de Pombal, cinco na Ilha e dois no Carriço).

Casos confirmados no distrito de Leiria a 27 de março de 2020. Fonte: CDPCL

A informação hoje divulgada, pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, relativamente à situação epidemiológica no distrito de Leiria, dá conta de 61 casos confirmados. No total, estão sob vigilância das autoridades 496 pessoas.

A estes números juntam-se cinco casos positivos e 43 pessoas em vigilância no concelho de Ourém, informação partilhada hoje, pelas 15 horas, pelo município.

Porto de Mós registou ontem o primeiro caso, um cidadão do sexo masculino, com 60 anos e residente na freguesia de Calvaria de Cima, divulgou a autarquia, e Alcobaça passou a ter dois casos positivos.

O número de óbitos registado na região mantém-se nos três casos, todos registados no concelho de Pombal.

Apenas três concelhos – Ansião, Castanheira de Pera e Nazaré – permanecem sem qualquer situação de teste positivo de Covid-19, até ao momento, enquanto Porto de Mós regista o primeiro caso.

O balanço é da Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria (CDPCL) que lançou esta semana um boletim diário da situação epidemiológica nos 16 concelhos do distrito de Leiria.

Os dados, apurados pelas Unidades de Saúde Pública dos três Agrupamentos dos Centros de Saúde (ACES) que abrangem o distrito (Pinhal Interior Norte, Pinhal Litoral e Oeste Norte), reportam-se ao dia anterior.

Este balanço pode diferir do relatório que a Direção-Geral da Saúde (DGS) divulga diariamente devido ao desfasamento temporal na recolha dos dados.

Até ao momento, sete concelhos do distrito já acionaram o respetivo plano municipal de emergência, nomeadamente Batalha, Bombarral, Leiria, Óbidos, Peniche, Pombal e Porto de Mós.

Ainda segundo a CDPCL, foi confirmado um caso de infeção entre o efetivo dos bombeiros do distrito, na corporação de Pombal, havendo 42 elementos em vigilância.

Hoje, a corporação dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande divulgou que o presidente da Associação Humanitária de Bombeiros da Marinha Grande, Carlos Carvalho, “se encontra internado no Centro Hospitalar de Leiria com Covid-19” e que o mesmo se encontrava “em casa” a acompanhar a atividade da corporação.

“O mesmo foi transportado segundo o protocolo estabelecido e utilizado nos possíveis casos de contaminação”, refere a corporação, na sua página de Facebook, desejando as melhoras à esposa do presidente que também testou positivo à Covid-19 e permanece em casa.

(atualização pelas 15h15, de dia 28 de março, com informação dos casos da Marinha Grande e Ourém)