Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Segundo óbito em Pombal com teste confirmado post mortem

Já são sete os casos registados no concelho. Dois respeitam a utentes internados em lares, um na Cumieira, outro na Ilha

Já são duas as mortes confirmadas no concelho de Pombal devido à Covid-19. Nos dois casos, o diagnóstico positivo para o novo coronavírus foi apurado post mortem (após a morte).

O primeiro caso foi o de uma mulher de 94 anos, residente no Carriço, que estava internada em Coimbra e faleceu no passado dia 17. No domingo, dia 22, faleceu uma mulher de 76 anos, que residia no lar da Cumieira, freguesia de Pombal

Segundo adiantou ao REGIÃO DE LEIRIA, José Ruivo, delegado de saúde do concelho de Pombal, a septuagenária foi transportada para o Hospital de Pombal já sem vida, tendo sido feito ali o teste.

José Ruivo refere estar a desenvolver esforços no sentido de identificar as pessoas que poderão ter estado em contacto com a senhora, para além dos 26 utentes do lar e dos 14 profissionais que trabalham na instituição. Serão efetuados testes de despistagem a alguns destes contactos com a colaboração do Município.

Caso positivo em lar da Ilha

Foi entretanto identificado mais um caso positivo no Lar S. José, na Ilha, cuja população se encontra sob vigilância. Segundo José Ruivo, a paciente está hospitalizada no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e está prevista a realização de testes aos profissionais da instituição.

A origem do contágio estará relacionada com o caso do Carriço, uma vez que a utente fazia diálise e partilhou transporte com a primeira vítima de Covid-19, também doente renal. Está entretanto prevista a realização de testes de contágio aos profissionais da instituição, que rondam as três dezenas.

A primeira vítima era, por outro lado, utente do serviço de apoio domiciliário no Carriço encontrando-se também a instituição sob a vigilância das autoridades de saúde.

A braços com casos de infeção nas instituições de apoio a idosos, José Ruivo reconhece que a “situação é muito grave”.

Foram entretanto confirmados outros três casos positivos no concelho: o de uma jovem, de 24 anos, que regressou no domingo da Holanda onde estava a estudar no âmbito do programa Erasmus, e que está a recuperar em casa; e os de duas mulheres, mãe e filha, com idades a rondar os 70 e os 40 anos, que vivem em Pombal em casas separadas, onde estão a recuperar sob vigilância dos serviços de saúde.

Estes dois últimos casos foram registados na quarta e na sexta-feira da passada semana, estando ambos sob investigação.

Município suporta custo de 54 testes

Já esta terça-feira, o Município de Pombal divulgou que vai assumir os custos com a realização de 54 testes de Covid-19, “para despiste de casos de profissionais e técnicos de Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) que tiveram contacto com doentes confirmados e que se encontram em quarentena”.

O objetivo da realização destes testes “visa minimizar a propagação do vírus e acelerar o restabelecimento das boas condições de funcionamento das instituições”, refere a autarquia em nota de imprensa, bem como “restabelecer a operacionalidade de bombeiros” que estão em isolamento após terem realizado o transporte de alguns dos utentes que vieram a ser confirmados como infetados.