A Feira do Livro, que estava agendada para os dias 25, 27, 27, 28 e 29 de março, atrai habitualmente “cerca de 1.000 pessoas por dia”, nomeadamente “o público escolar”, adiantou fonte da Câmara de Leiria à Lusa para explicar a decisão do adiamento.

A organização do Leiria Film Fest – 7º Festival Internacional de Curtas Metragens, que ia decorrer entre 11 e 15 de março, em Leiria e na Batalha, decidiu também adiar o evento para data a anunciar nos próximos meses.

Os promotores dizem, em comunicado, lamentar o incómodo causado mas considera tratar-se “de uma questão de responsabilidade social e saúde pública” à qual não poderiam ficar indiferentes tendo em conta as recomendações das autoridades de saúde para minimizar o impacto de uma epidemia de Covid-19 em Portugal.

O Município de Leiria anunciou ainda que preparou um plano de contingência face ao coronavírus, tendo sido constituída uma equipa de trabalho com elementos da Proteção Civil e Divisões de Recursos Humanos, Ambiente, Saúde, SMAS e Divisão da Educação.

A Câmara, liderada por Gonçalo Lopes, “está a acompanhar, sem alarmismos, mas com o olhar bem atento, a situação que se regista no país, em estreita colaboração com a Unidade de Saúde Pública”.

Nesse sentido, de acordo com a evolução epidemiológica e com as informações da Direção-Geral de Saúde, nos próximos dias poderá ser anunciado o cancelamento de outros eventos.