O Seminário de Leiria manifestou ao Centro Hospitalar de Leiria (CHL) disponibilidade para ceder instalações destinadas a acolher profissionais de saúde, em caso de necessidade, no âmbito das medidas de combate à propagação da doença Covid-19.

A Diocese de Leiria-Fátima explicou esta sexta-feira, 20, que se lhe for solicitada a cedência de espaços para receber doentes ou pessoas de quarentena também ”corresponderá na medida das suas possibilidades, quer na diocese, quer nas paróquias ou noutras instituições”.

“O Seminário de Leiria foi solicitado e já manifestou a sua disponibilidade ao Centro Hospitalar de Leiria (CHL), para alojar profissionais de saúde, e estão em contacto para a concretização do alojamento assim que for preciso”, adiantou o Gabinete de Informação e Comunicação da diocese, explicando que “a capacidade das instalações depende dos requisitos exigíveis” pelas entidades parceiras.

Quanto a outras ações, a Diocese de Leiria-Fátima refere que “as paróquias e agentes pastorais estão a colaborar na difusão das recomendações das autoridades de saúde para precaver a difusão do vírus e as instruções estão a ser divulgadas pelos canais de informação, nomeadamente através de um website especificamente desenvolvido para o efeito (https://covid.leiria-fatima.pt)”.

Entre outros procedimentos, foram suspensas todas as atividades — missas comunitárias, reuniões e outras iniciativas — e “pedido a todos que obedeçam às recomendações das autoridades de saúde e acatem as instruções das autoridades”.