O Convento de Santa Clara, em Leiria, onde estão alojadas 93 freiras, recebeu na terça-feira 200 equipamentos e outro material de proteção pessoal e limpeza, no âmbito do combate à pandemia covid-19, anunciou hoje o município de Leiria.

As religiosas, com idades compreendidas entre os 70 e os 90 anos, estavam sem qualquer material de proteção e com o pessoal auxiliar reduzido a metade, como disse na segunda-feira a irmã coordenadora do convento Claudina de Carvalho Leite.

Hoje, a Câmara de Leiria informou que o apelo foi ouvido e que foram entregues no Convento de Santa Clara 200 equipamentos de proteção individual, sete batas médicas e proteções de pés, 150 máscaras, toucas, líquido desinfetante de interiores, 10 litros de líquido desinfetante hipoclorito e cinco caixas de luvas.

Ainda segundo a autarquia, a doação do equipamento visa “prestar auxílio” à instituição, que “manifestou carência de equipamentos de proteção e preocupação quanto à garantia de condições apropriadas para o apoio às mais de 90 religiosas, a maioria idosas”, e várias doentes e acamadas, como adiantou Claudina de Carvalho Leite.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

Dos infetados, 1.211 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 196 doentes que já recuperaram.