Assinar Edições Digitais


Futebol

Covid-19: Leiria disponibiliza-se a receber jogos da I e II Liga

Qualidade das infraestruturas desportivas, nomeadamente do estádio de Leiria, é um dos argumentos apresentados.

As associações de futebol de Leiria, Aveiro, Coimbra e Santarém disponibilizam-se a receber os jogos que faltam disputar da I e II liga, sustentados na “qualidade das infraestruturas desportivas e na proximidade” entre elas, anunciaram hoje num comunicado conjunto.

As entidades acreditam que os encontros dos dois escalões, caso as competições sejam retomadas, podem “ser realizados em estádios previamente definidos e limitando as deslocações das equipas no território nacional”.

“Tendo em atenção a qualidade das infraestruturas desportivas, a boa capacidade hoteleira, das unidades de saúde e da rede viária, bem como a proximidade entre Aveiro, Coimbra, Leiria e Santarém, propõe e disponibilizam toda a colaboração necessária de forma a que as jornadas a realizar das referidas competições tenham como ponto nevrálgico estas quatro regiões, pois, entre outras, a maior dimensão dos recintos desportivos permite que estejam perfeitamente enquadrados na ótica do distanciamento social que teremos de continuar a cumprir”, pode ler-se no comunicado divulgado.

A I Liga, cuja ronda 24 terminou em 8 de março, não tem, para já, data de regresso, sendo que está suspensa indefinidamente, tal como o segundo escalão, igualmente suspenso na 24.ª jornada, em 9 de março.

Hoje, o primeiro-ministro António Costa reuniu-se, em São Bento, com os presidentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), da Liga, do Sporting, FC Porto e Benfica para avaliar as condições de um eventual regresso do futebol em ambiente de covid-19.

Ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que o estado de emergência vai terminar à meia-noite do dia 2 de maio e que Portugal vai entrar numa fase de abertura por pequenos passos.