Cerca de 40 mil luvas, 1.200 máscaras e 1.700 toucas foram distribuídas nas últimas semanas pela Câmara Municipal da Marinha Grande, no distrito de Leiria, por diversas forças de segurança e entidades de saúde pública, no âmbito da pandemia da covid-19, informou hoje a autarquia.

Segundo o município, as prioridades de fornecimento de equipamento de proteção individual têm sido as “entidades do concelho da Marinha Grande que estão mais expostas ao contágio pela covid-19”.

Desta forma, Bombeiros Voluntários, GNR, PSP, entidades de saúde, lares, IPSS e voluntários da linha MG Solidária foram equipados até hoje com 39.500 luvas, 1.200 máscaras cirúrgicas, 200 batas, 100 óculos, 231 viseiras e 1.700 toucas.

Entretanto, o município da Marinha Grande está a levar cultura do concelho à população através da sua página no Facebook, com a programação “Casa da Cultura promove cultura em casa”.

“Neste momento difícil de combate à covid-19”, a autarquia pretende contribuir para que os cidadãos “permaneçam todos em casa”, estando, para isso, a promover, através da internet, “o trabalho de artistas da terra”, em transmissões realizadas nas tardes de sábado e domingo.

“É importante nesta fase continuarmos a assegurar momentos de cultura e animação à população, respeitando as contingências que estão a ser impostas pela atual situação, e divulgar os muitos valores artísticos da nossa terra, diz a presidente da Câmara, Cidália Ferreira, citada pela assessoria de imprensa do município.

Em Portugal, segundo o balanço feito na segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortes, mais 16 do que na véspera (+5,4%), e 11.730 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 452 em relação a domingo (+4%).

Dos infetados, 1.099 estão internados, 270 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 140 doentes que já recuperaram.