Desinfeção foi efetuada por militares da GNR Foto: CMP

O lar de idosos da Associação Sócio-Cultural, Recreativa e Educativa de Cumieira e Circunvizinhas, em Pombal, foi alvo na passada quinta-feira de uma segunda desinfeção.

A medida desencadeada pelo Município de Pombal, e realizada pelo Grupo Proteção Intervenção e Socorro (GIPS) da GNR, visa permitir o regresso dos utentes não infetados à instituição.

Segundo a autarquia, a decisão foi tomada depois de terem sido realizados testes aos utentes do lar que confirmaram “apenas quatro” casos de infeção, e considerado haver “condições para acolher todos os utentes não infetados e garantir o isolamento dos casos positivos”.

Os utentes não infetados ficaram alojados nas últimas semanas na Residência de Estudantes cedida pelo Município, que refere, em comunicado, continuar a acompanhar a evolução da situação nas instituições de apoio a idosos do concelho.

Arranca ainda esta semana o rastreio aos colaboradores das instituições particulares de solidariedade social do concelho, em colaboração com a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria e o Instituto da Segurança Social, acrescenta.

Na mesma nota, a autarquia dá conta da aprovação do Plano Especial de Emergência e Resposta para os lares de idosos do concelho que define os equipamentos de apoio ao confinamento de idosos infetados ou não infetados com Covid-19.

Em caso de necessidade de isolamento de utentes de instituições de apoio ao idoso, serão acolhidos em instalações do Centro Social do Carriço, Centro Social e Paroquial “Maris Stella” e Filarmónica Artística Pombalense.