Assinar Edições Digitais


Alcobaça

Hospital de Alcobaça assinala 130 anos com 900 mil euros de investimento em curso

Unidade tem em curso investimentos significativos, entre os quais a Unidade de Cuidados Paliativos.

O Hospital de Alcobaça comemora na sexta-feira 130 anos de existência com cerca de 900 mil euros de investimentos em curso na unidade onde desde 2013 foram investidos meio milhão de euros na melhoria dos serviços.

Os 130 anos de existência do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO), que desde 2013 integra o Centro Hospitalar Leiria-Pombal, serão na sexta-feira comemorados na unidade que “tem tido um excelente posicionamento no contexto deste centro hospitalar, garantindo cuidados hospitalares de primeira linha à população dos concelhos de Alcobaça e da Nazaré”, considera o presidente do Conselho de Administração (CA) do CHL, Licínio de Carvalho, citado numa nota de imprensa.

Num balanço divulgado hoje, o presidente do CA sublinha o desempenho da unidade onde são prestados cuidados de urgência, internamento, consultas, cirurgias, sessões de Hospital de Dia e meios complementares de diagnóstico e terapêutica, ”que têm natureza resolutiva ou preparam os doentes para benefício de cuidados mais diferenciados no Hospital de Santo André”, em Leiria.

“Ao longo dos anos tem sido possível levar mais especialidades médicas ao HABLO, nomeadamente através da realização de consultas com os especialistas que se deslocam a esta unidade, evitando que os utentes tenham de se deslocar a Leiria”, refere Licínio de Carvalho.

Para tal contribuíram os investimentos realizados nos últimos anos, rondando meio milhão de euros, e que permitiram a remodelação da Casa Mortuária, da cozinha e refeitório, dos serviços de Medicina e de Urgência, a ampliação da base operacional SIV (Suporte Imediato de Vida), a empreitada de pinturas exteriores e execução de drenos, e o isolamento da cobertura e substituição da claraboia.

O HABLO tem ainda em curso investimentos significativos, entre os quais a Unidade de Cuidados Paliativos, “projeto que ficará disponível à população de toda a região que o CHL serve, e não apenas de Alcobaça e Nazaré”, revela Licínio de Carvalho na mesma nota, sublinhando tratar-se de uma obra cofinanciada pela Câmara de Alcobaça.

A unidade de cuidados paliativos faz parte de um pacote de investimentos de 900 mil euros, inscritos no triénio 2020-2022, e que incluem ainda a reabilitação do Serviço de Imagiologia.

O HABLO conta atualmente com 127 trabalhadores nas mais variadas categorias profissionais: 45 assistentes operacionais, 12 assistentes técnicos, 55 enfermeiros, um informático, seis médicos (Cirurgia Geral e Medicina Interna), sete técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, e um técnico superior de Serviço Social.

O CHL integra os hospitais de Leiria e Pombal e tem uma área de influência correspondente aos concelhos de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Porto de Mós, Nazaré, Pombal, Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pêra, Ansião, Alvaiázere, Ourém e parte dos concelhos de Alcobaça e Soure servindo uma população de cerca de 400.000 habitantes.