Fábrica, cafetaria e loja de chocolates artesanais. Esta é a proposta da Companhia Portugueza do Chocolate que abriu as portas, nesta segunda-feira, 1, oficialmente ao público.

A assumir a marca que antes atendia por “Daniel’s Chocolate”, a empresa liderada por Daniel Gomes ocupa um emblemático edifício da freguesia das Cortes, à beira-rio, onde antes tinha lugar uma cooperativa de vinho. Com a mudança, o produto principal passa a ser o cacau em diferentes versões e não a uva.

O chocolate é o produto principal da nova fábrica e loja das Cortes Foto: Leandro Pereira

Para assinalar a inauguração na mesma data que o Dia da Criança, o mestre chocolatier liderou uma iniciativa solidária que chegou, nesta segunda-feira, aos dois internatos de Leiria, Lar Santa Isabel e Fundação de Solidariedade Social António Silva Leal. Na ocasião, ofereceu a cerca de 55 crianças carenciadas pedaços de chocolate que podem também ser encontrados na nova empresa.

“Num dia especial para nós, em que damos as boas-vindas oficialmente aos nossos visitantes, esperamos que com este pequeno gesto, possamos fazer a diferença numa data dedicada a todas as crianças”, espera o também criador do bombom de chocolate mais caro do mundo.

O mestre chocolatier Daniel Gomes visitou duas instituições sociais de Leiria, nesta segunda-feira, 1

A coincidir com o abrandamento das restrições impostas pela pandemia de covid-19, a abertura da fábrica e loja veio num momento oportuno, aposta Daniel. “A nossa missão tornou-se ainda mais importante com o intuito de oferecer aos nossos visitantes uma experiência diferenciadora naquela que é para nós, a Fábrica de Chocolate Mais Bonita do Mundo”, sublinha o chocolatier.

O novo espaço tem sede na estrada da Ribeira, 5F, em Cortes, Leiria, e funciona das 14 às 23 horas, de segunda a domingo.