Incentivar a investigação e promover a história do património do distrito de Leiria e concelho de Ourém são os objetivos do prémio “Villa Portela”, que já está a receber candidaturas.

Até 31 de julho, os candidatos poderão entregar uma monografia original sobre a história local e património da região e ficam habilitados a ganhar um prémio no valor de 2 mil euros. Existe ainda a possibilidade do trabalho vir a ser publicado. Cada candidato só pode entregar um trabalho.

O concurso acontece bienalmente e foi criado por Ricardo Charters d’Azevedo, “em homenagem aos seus antepassados que habitaram na Villa Portela”, explica a Câmara de Leiria num comunicado.

A propriedade situada em Leiria passou entretanto a ser gerida pela autarquia que pretende instalar ali um Centro de Artes.

O prémio “Villa Portela”, que concretiza este ano a 5ª edição, resulta de uma parceria entre o município, o Centro de Património da Estremadura (CEPAE), a Associação para o Desenvolvimento de Leiria (ADLEI) e o Politécnico de Leiria.