O Vasco da Gama tem abertas as inscrições para a prática de uma nova modalidade: o teqball. A associação desportiva, recreativa e cultural de Boleiros-Maxieira, na freguesia de Fátima, é um dos 12 clubes do distrito de Santarém federados e duas atletas vão participar num torneio da modalidade, a 22 de agosto em Belém.

O teqball é jogado numa mesa semelhante à de ping pong, mas curva, com uma bola idêntica à de futebol, um contra um, em duplas ou tipo estafeta. A principal regra é a de que bola pode atingir qualquer parte do corpo, exceto as mãos e os braços.

“Vai haver interesse, até porque a modalidade é apropriada a estes tempos ainda de pandemia, é praticada de forma individual ou em equipas, mas sempre sem contacto físico”, explica Ana Reis, dirigente do Vasco da Gama.

A responsável destaca, por outro lado, o facto do Vasco da Gama ser, desde 31 de julho, certificado como entidade formadora de três estrelas: “Abre outras perspetivas, pelas mais-valias que a certificação traz”.

“Entre outras vantagens, a certificação é uma oportunidade para os clubes se organizarem e estruturarem globalmente e em especial o departamento de formação. É um selo de qualidade no processo formativo e o reconhecimento público do seu estatuto como clube formador da base até aos Sub19”, explica.

O início da próxima temporada de futebol ainda não tem data marcada, mas o Vasco da Gama não está parado. Cerca de 160 atletas já realizaram os exames médicos, mostrando interesse praticar futebol assim que haja essa possibilidades.

“Em julho fizemos alguns treinos físicos individuais, para atletas que se inscreveram na atividade, cumprindo todas as recomendações da Direção Geral de Saúde e sempre em contacto com os responsáveis de saúde pública do nosso concelho. A atividade teve um impacto muito positivo nos atletas e nas suas famílias, participaram 142 jovens”, recorda Ana Reis.

As inscrições para a próxima temporada estão abertas a todos os interessados, com idades entre os 6 e os 18 anos (masculinos e femininos).

Entretanto, após a conclusão da zona de casas de banho da sede, a direção do Vasco da Gama pretende iniciar as obras de remodelação e ampliação dos balneários existentes no campo de futebol.

A obra têm garantido apoio financeiro em 70% da câmara de Ourém, em várias tranches, em cinco anos. O investimento total rondará os 150 mil euros. A coletividade procura agora garantir a verba ainda em falta.