Ficou em prisão preventiva o homem de 67 detido em Ourém, a 11 de Agosto, pelo crime de violência doméstica. O suspeito, “ameaçou de morte” a mulher, com recurso a uma faca com 20 cm de lâmina, e só não concretizou os seus intentos por ter sido desarmado por familiares que acorreram ao local, informa a GNR.

No âmbito da investigação levada a cabo pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Comando Territorial de Santarém, com o apoio do Posto de Ourém foi apurado que o alegado suspeito “agrediu física e psicologicamente de forma reiterada, durante os 47 anos de casamento, a sua mulher de 64 anos, ameaçando-a de morte constantemente”.

O detido “com antecedentes criminais pelo crime de homicídio” foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém no mesmo dia, tendo sido aplicada a medida de coacção de prisão preventiva.