União de Leiria aguarda instruções da Federação Portuguesa de Futebol para regressar aos treinos Foto: União de Leiria

Os treinos das equipas da União de Leiria envolvidas nos campeonatos nacionais de formação – juniores, juvenis A e iniciados A – estão suspensos de “por tempo indeterminado e com efeitos imediatos” até a Federação Portuguesa de Futebol estipular regulamentação específica com base nas novas orientações da Direção Geral da Saúde para combate à Covid-19.

A medida foi anunciada esta quarta-feira, 26 de agosto, num comunicado divulgado no site do clube e, sublinha a direção, não está relacionada com o facto de um atleta sub-17 estar infetado com coronavírus.

Segundo o clube, a origem do caso terá “origem num contexto familiar”, pelo que “não havia qualquer razão impeditiva para que as restantes equipas continuassem a sua preparação para a nova época”.

Mas as novas orientações emitidas a 25 de agosto pela Direção Geral da Saúde determinaram que os treinos para todos os escalões etários “devem garantir o distanciamento físico permanente de pelo menos três metros entre praticantes”, remetendo para as federações respetivas “a elaboração de regulamentação específica para a prática desportiva, em contexto de treino e em contexto competitivo”.

Assim, “face a esta nova orientação”, a União de Leiria decidiu “suspender por tempo indeterminado e com efeitos imediatos, todos os treinos das equipas que os haviam iniciado”, ficando o clube a aguardar comunicação oficial da Federação Portuguesa de Futebol relativamente a esta matéria.

Entretanto, acrescenta-se no comunicado, todos os atletas, treinadores e staff dos sub-17 “já realizaram testes de despistagem tendo todos eles testado negativo”.

A direção da União de Leiria rejeita ainda notícias segundo as quais o atleta infetado tenha treinado depois de fazer o teste, “o que comprovadamente nunca ocorreu”.