Paulo Gaspar, presidente do conselho de administração da empresa Triun SGPS

O empresário Paulo Gaspar, através da empresa Triun SGPS, é um dos novos acionistas da Media Capital, dona da TVI.

A informação foi confirmada ao REGIÃO DE LEIRIA por fonte próxima do processo, explicando que, ao contrário do que divulgado ao início da tarde por alguns orgãos de comunicação, e que o REGIÃO DE LEIRIA também divulgou, não é o grupo Lusiaves que entra como acionista de 20% do capital da empresa, mas sim uma empresa independente do grupo leiriense e que é detida por Paulo Gaspar, filho de Avelino Gaspar, fundador da Lusiaves.

Além da Triun SGPS, também a família Serrenho, que controla a marca CIN, irá ficar com 10% do capital. Também Tony Carreira, Pedro Abrunhosa e Cristina Ferreira passam a ser acionistas e juntam-se ao empresário Mário Ferreira que detém 30,22% do capital da TVI, referem os jornais Expresso e o Público.

O capital da Vertix na Media Capital, revela o comunicado divulgado hoje pelo grupo espanhol Prisa no site do regulador do mercado espanhol, a CNMV, foi alienado por 36,85 milhões de euros.

A Prisa, refere no comunicado, que “subscreveu hoje com vários investidores acordos independentes de compra e venda de acções da entidade cotada portuguesa Media Capital SGPS, que no conjunto representa a totalidade da participação accionista (64,47%) mantida pela Vertix na Media Capital”.

“Os acordos realizaram-se simultaneamente mediante transmissões independentes em bloco das ações por um preço total de 36,8 milhões de euros. Representa uma valorização implícita da empresa (enterprise value) de 150 milhões de euros e um bónus de 63% em relação ao preço por ação oferecido pela entidade Cofina na sua oferta pública voluntária sobre as ações da Media Capital, publicada no passado dia 12 de agosto”, refere o mesmo documento.