“A viagem iniciou-se em 25 de setembro de 1995”. Um quarto de século depois do arranque da viagem que acompanha desde o início, Fernando Elias faz um balanço, necessariamente provisório, visto que a jornada continua: “Fazer esta viagem foi desafiar. Mas também investir”.

O Agrupamento de Escolas de Colmeias, Leiria, que Fernando Elias dirige, cumpriu 25 anos, ontem, dia 25. “E, eu, 25 anos de diretor do mesmo”, lembra.

A efeméride tem como ponto de partida a Escola do 1º, 2º e 3º Ciclos de Colmeias, que entrou em funcionamento pela primeira vez, em 25 de setembro de 1995.

Fernando Elias explicou, no seu discurso que, entretanto, disponibilizou online, que a viagem arrancou numa “linha de partida” que inscreveu a Escola como um lugar de compromissos, desafios e emancipação.

O seu primeiro compromisso, explicou, “é sempre para com os alunos e as famílias” e o seu “principal desafio é organizar-se à medida de cada aluno e ser uma escola onde todos aprendam”. A escola, sublinhou ainda, deve ser um lugar para “atenuar as condições de desigualdade”.

Mais de nove mil dias após o arranque deste itinerário educativo, o diretor faz a avaliação do percurso: “são 25 anos de serviço público de educação, a ver o voo de tantos alunos e alunas que partiram em busca de novos portos de abrigo para a construção de uma vida feliz, numa espiral de esperança em direção ao futuro”.

A data foi assinalada na biblioteca, perante responsáveis dos órgãos da escola, pais, mas também de autarcas, incluindo a vereadora da Educação da Câmara de Leiria, Anabela Graça.

Em declarações ao REGIÃO DE LEIRIA, o professor Paulo Dias elogiou o trabalho e o sucesso deste estabelecimento de ensino desde a sua criação.

“É com muito orgulho que faço parte deste Agrupamento desde o seu início. Como presidente do Conselho Geral, há já vários anos, tenho a referir que o nosso Agrupamento tem vindo a promover, em primeiro lugar o sucesso educativo dos nossos alunos, conduzido por uma visão estratégica de excelência, criando uma cultura de escola própria, relevante e reconhecida dentro e fora de portas”, explicou.

“Os documentos estratégicos aprovados por este órgão primam pela inovação e vanguardismo, mas sempre de acordo com as orientações emanadas pela tutela”, referiu o responsável daquele órgão da Escola-sede de Colmeias, sem esquecer o diretor Fernando Elias que, ao longo de 25 anos, “preza por ser um suporte sempre presente e proatvo, em todas as áreas relacionadas com a Educação”.

“Que daqui a outro quarto de século este Agrupamento continue e prospere nos bons exemplos educativos”, concluiu.

(Informação: As declarações do professor Paulo Dias foram adicionadas ao artigo no dia 30 de setembro de 2020)