O acidente ocorreu na zona dos Campos do Lis Foto: Joel Gaspar

A co-piloto espanhola Laura Salvo morreu no acidente que ocorreu esta manhã, pelas 10 horas, num dos troços da prova Rali Vidreiro.

A informação foi avançada num comunicado do Clube Automóvel da Marinha Grande, que organiza a prova, onde explica que a jovem de 21 anos acompanhava o piloto Miquel Socias.

A prova decorria com transmissão, em direto, nas plataformas digitais, meio que o presidente do clube utilizou para comunicar o acidente: “A concorrente Laura Salvo, que competia como navegadora na Peugeot Rally Cup Iberica, sofreu um acidente logo no início do primeiro troço, acabando por falecer”, diz.

O responsável acrescenta que os meios de socorro chegaram ao local “em cerca de dois minutos” e foi ainda mobilizado um helicóptero de emergência médica, mas a concorrente “acabou por falecer no local”.

Em declarações ao REGIÃO DE LEIRIA, o comandante dos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande avançou que “a viatura entrou em despiste e posteriormente sofreu uma colisão”, na zona dos Campos do Lis, junto ao campo de futebol da Carreira.

Despiste no Rali Vidreiro provoca ferido grave

O piloto Miquel Socias, que competia no carro com o número 51, sofreu ferimentos ligeiros.

A prova foi, entretanto, cancelada, anunciou a organização numa publicação no Facebook. O Rali Vidreiro decorria deste ontem, sexta-feira, e terminaria este sábado, 10 de outubro.

O Rali Vidreiro está oficialmente cancelado. Pilotos em ligação por forma a homenagear Laura Salvo#RaliVidreiroPublicado por Rali Vidreiro 2020 em Sábado, 10 de outubro de 2020

Estiveram no local 27 elementos e oito viaturas para prestar socorro.

Notícia atualizada às 15 horas de 10 de outubro de 2020 com informação sobre o cancelamento da prova.