Assinar Edições Digitais
Cultura

Leiria celebra primeiro ano de Cidade Criativa da Música da UNESCO

Na quinta-feira, a praça Eça de Queiroz e a Casa da Cidade Criativa, em Leiria, vão iluminar-se com uma performance de luz e imagem de Frederico Montes.

Duas esculturas musicais interativas marcam as celebrações do primeiro ano de Leiria como Cidade Criativa da UNESCO, na área da música.

As obras, da autoria do escultor leiriense Pedro Lino, serão colocadas na praça Eça de Queiroz (junto ao Centro Cívico), em Leiria, a 30 de outubro, sexta-feira, data em que se assinala também o Dia Mundial das Cidades.

A UNESCO anunciou a 30 de outubro de 2019 as 66 cidades do mundo que passaram a integrar a Rede Foto: CML

Para Celeste Afonso, coordenadora Cidade Criativa, as peças de arte urbana “são um marco para a cidade” e “servem para serem tocadas e usadas”, chamando toda a população a utilizá-las.

De forma a inaugurar as esculturas haverá, no mesmo dia, uma performance musical com quatro músicos de Leiria, nos quais se incluem João Maneta, que ajudou na acústica das obras.

“Será uma música original, que só resulta quando tocada com aquelas peças e outros instrumentos”, avança Celeste Afonso. O momento está marcado para as 14 horas.

Já na quinta-feira, dia 29, à noite, a praça Eça de Queiroz e a Casa da Cidade Criativa “ganham vida” com uma intervenção de luz e imagem de Frederico Montes, explica a Câmara de Leiria, em comunicado.

Para encerrar as celebrações vai decorrer no sábado, dia 31, um concerto de apresentação do Ensemble de Metais de Leiria, um projeto que nasceu com a pandemia.

O espetáculo está marcado para as 21h30, na igreja de São Pedro, em Leiria, com lotação máxima de 45 pessoas. A reserva deve ser feita para o e-mail leiriacreativecity@cm-leiria.pt, com o envio do nome e número de telemóvel.

A UNESCO anunciou a 30 de outubro de 2019 as 66 cidades do mundo que passaram a integrar a Rede das Cidades Criativas, num total de 246 cidades-membro, sendo que Leiria integra esta Rede.