Assinar Edições Digitais
Marinha Grande

Piscina dá primeiro passo mas projeto só chega em 2021

O primeiro passo compreende a contratação do projeto, algo que contará com um prazo máximo de 210 dias.

Deverá custar qualquer coisa como 3,25 milhões de euros, apontam as estimativas municipais. A piscina municipal da Marinha Grande, planeada para a zona desportiva, poderá começar a ser concretizada no próximo ano.

Isso quer dizer que as obras arrancam no próximo ano? Nem tanto. O concurso da obra é ainda uma possibilidade para 2021. Já a data do início da intervenção é mais incerto.

Para já, o primeiro passo compreende a contratação do projeto, algo que contará com um prazo máximo de 210 dias, cerca de sete meses, para se concretizar.

Na prática, o executivo (PS, CDU e MpM), consensualizaram a realização de um acordo preliminar que permitirá um “desenho” prévio do tipo de equipamento que se pretende implantar.

O que se sabe é que a Piscina Municipal, reclamada há décadas, deverá ter dois tanques. Um com 25 metros por 21, com um prolongamento de 25 metros por 5 metros e uma profundidade entre 1,40 a 1,60 metros.

O prolongamento irá permitir que duas pistas tenham um comprimento de 50 metros, medida inexistente na região. A piscina terá, aliás, de cumprir os requisitos para competições nacionais.

O segundo tanque “será dedicado para a aprendizagem e a hidroginástica, podendo ainda servir, em competições, como piscina de aquecimento e recuperação”, revela o município. Terá 20 metros de comprimento e dez de largura e uma profundidade de um a 1,30 metros.

A abertura do concurso público com qualificação prévia para a aquisição dos projetos de arquitetura e especialidades foi decidida dia 23 pelo executivo.