A Câmara da Nazaré aprovou o estatuto de interesse municipal para a exposição das embarcações no areal da praia da Nazaré, que se realiza, com caráter permanente, desde 2015, em colaboração com o Museu Dr. Joaquim Manso.

A exposição integra as embarcações tradicionais “Nossa Senhora dos Aflitos”, “Mimosa”, “Perdido”, “Vagos”, “Ilda”, “Três Irmãos Leais” e “Sol da Vida”, reconhecidas como “ícones representativos da identidade e da história do concelho, associada ao mar”, refere a autarquia numa nota à imprensa.

O estatuto de interesse municipal foi aprovado na última reunião do executivo, na segunda-feira, dia 2, com base numa proposta que destaca o “valioso património náutico que deve ser estudado, restaurado e divulgado”.

O núcleo museológico composto pelo Tridente Centro Cultural da Nazaré/Antiga Lota, Secagem do Peixe e Embarcações Tradicionais é tido como um “elemento diferenciador da cultura local, num período do ano em que a Nazaré recebe milhares de visitantes, todos os dias”, pode ler-se na proposta.

A manutenção e conservação deste espaço museológico são asseguradas pela câmara municipal.