Assinar Edições Digitais


Leiria

Leiria corta 300 mil euros na iluminação e animação de Natal

E vai reforçar o apoio social, com uma aposta da dinamização do comércio local

O Município de Leiria vai reduzir o investimento na iluminação de Natal e reforçar o apoio social, com uma aposta da dinamização do comércio local, tendo em conta o contexto da pandemia de Covid-19, anunciou esta terça-feira, dia 10, a autarquia.

O investimento total do município na animação natalícia para este ano sofreu um corte de 300 mil euros, reduzindo para 200 mil euros, abaixo dos 510 mil euros investidos em 2019, num “modelo ajustado” à pandemia, refere uma nota de imprensa.

Segundo a autarquia liderada por Gonçalo Lopes (PS), foram eliminadas da programação as atividades que potenciem concentrações de pessoas e que possam colocar em risco a saúde pública.

Para a edição de 2020 está previsto um investimento de 120 mil euros na iluminação e decoração de Natal, uma verba inferior à do ano passado, quando foram investidos 183.577 euros.

Apesar da redução de custos, a iluminação chega este ano a um maior número de ruas na cidade e também à Praia do Pedrógão.

“Numa estratégia que tem como um dos principais objetivos promover o comércio local”, a Câmara de Leiria vai “tentar atenuar a crise que atinge este setor, contribuindo para a salvaguarda dos postos de trabalho nesta atividade”.

A programação cultural privilegia os espaços municipais e o apoio aos agentes culturais do concelho, com as devidas condições de segurança, e instituições de solidariedade do concelho.

Nesta área serão investidos 70 mil euros, a que acrescem 10 mil euros no som ambiente no centro da cidade.

Segundo a mesma nota, o Município vai reforçar a aposta na dinamização económica, em colaboração com a Acilis – Associação de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo da Região de Leiria, com o lançamento da campanha “Leiria Christmas”.

O objetivo é dinamizar o comércio, incentivando a procura e a retoma da economia local, com um investimento de 11.500 euros.

Na plataforma online Leiria Market, está prevista a criação de uma loja solidária ‘online’, em substituição do tradicional Jardim Solidário, com adesão gratuita de instituições particulares de solidariedade social, para que possam angariar fundos.

Será reeditado o programa ‘Terra Alimenta Leiria + Solidário’, com o objetivo de contribuir para a diminuição do desperdício alimentar que se gera na cadeia de produção e distribuição de alimentos.

Os produtores, vendedores e compradores do Mercado de Leiria serão também desafiados a oferecer produtos frescos às IPSS.

Irá decorrer ainda uma campanha solidária à entrada dos equipamentos culturais, apelando a que o público ofereça às IPSS (instituições particulares de solidariedade social) do concelho, bens alimentares não perecíveis ou outros, para serem canalizados para quem mais necessita.

Ainda no âmbito solidário, está ser preparada a distribuição de cabazes de Natal a famílias em situação de vulnerabilidade social, a instituições de apoio social e da área da saúde e proteção civil, numa ação conjunta com as juntas de freguesia e IPSS, no valor de 30 mil euros.