Assinar


Leiria

Música a troco de bens essenciais? Orfeão de Leiria tem várias propostas na calha

Instituição associou-se a campanha municipal solidária de troca de géneros alimentares para, posteriormente, serem entregues a IPSS

Vai ser possível assistir, sem pagar, aos dois espetáculos que o Orfeão de Leiria – Conservatório de Artes tem programados para esta semana, na quinta e sexta-feira. O bilhete de entrada pode ser garantido com a oferta de um bem essencial.

O Orfeão de Leiria associou-se à campanha de solidariedade promovida pelo município leiriense no âmbito do “Leiria Natal”, na qual a maioria dos espetáculos realizados nos espaços culturais do município é de entrada livre, sendo o público convidado a oferecer géneros alimentares não perecíveis ou artigos de higiene, que serão recolhidos pelas IPSS do concelho presentes nos espaços culturais e que farão chegar a ajuda a quem mais precisa.

A oportunidade de ser solidário e desfrutar de um espetáculo do Orfeão de Leiria acontece quinta-feira, dia 3 de dezembro.

Pelas 21 horas, na Igreja de São Pedro, em Leiria, integrado no ciclo de concertos de música antiga “Flores de Música”, a Camerata do Orfeão de Leiria apresenta um concerto dedicado à música antiga, “revisitando a música barroca, sem deixar de fora neste concerto a música renascentista e o período clássico da música”.

No dia seguinte, no mesmo local, nova oportunidade, pelas 19 horas, tem lugar o “Orfeão Fora de Portas”. Trata-se de um ciclo de audições e recitais da Escola de Música do Orfeão de Leiria.

“O concerto conta com a presença da classe de Acordeão da professora Veronique Marques”, anuncia a instituição.

Já o concerto de audições da classe de Flauta de Bísel, da professora Marta Falcão, decorre dia 11, pelas 19 horas. Três dias mais tarde, a 14 de dezembro, será a vez da classe de Guitarra da professora Ilda Coelho, às 20 horas. Ambos os concertos decorrem na Igreja de São Pedro.

É certo que a generalidade dos eventos são de entrada gratuita – estando limitados à lotação do espaço – mas a solidariedade com a entrega de um bem essencial, é o mote.

“Face à pandemia de Covid-19 e à crise social que o país atravessa, sabemos que as organizações sociais precisam, mais do que nunca, do contributo de todos. Um contributo que, por mais simbólico que seja, vai com certeza ajudar a levar apoio junto dos que mais precisam”, afirma Vítor Lourenço, presidente do Orfeão de Leiria.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.