Assinar
Batalha

Extensão de saúde do Reguengo do Fetal pode reabrir no início do ano

A câmara da Batalha “obteve o compromisso por parte dos responsáveis da saúde”

O município da Batalha promoveu uma reunião técnica com os responsáveis da Administração Regional de Saúde e da Unidade de Saúde Familiar Condestável para avaliar as condições de reabertura no início de 2021 da extensão de saúde do Reguengo do Fetal.

A extensão de saúde encontra-se “encerrada há vários meses por falta de recursos humanos e também por insuficiências do espaço a cargo da ARS do Centro, designadamente nesta fase de pandemia e ao nível das condições de segurança aos utentes e profissionais da saúde”, explicou a autarquia na terça-feira, dia 22, em comunicado.

A câmara municipal “tem insistido na urgência da retoma do serviço de saúde, que considera essencial para a população, tendo obtido o compromisso de reabertura por parte dos responsáveis da saúde para o início do próximo ano e após algumas intervenções no espaço que contam com o apoio da autarquia”.

“Não estando previsto pelas autoridades de saúde a realização de obras de melhoria necessárias, a câmara municipal vai colaborar na execução imediata dos trabalhos, para assim garantir a reabertura da extensão de saúde e melhorar o serviço”, refere o presidente da autarquia, Paulo Batista Santos.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.