Assinar Edições Digitais


Dança

Conservatório Annarella está na final do Prix de Lausanne 2021 com três bailarinos

Três bailarinos do Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez estão, hoje, a disputar a final do Prix de Lausanne.

António Casalinho, Francisco Gomes e Giulio Diligente são os estudantes do Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez, em Leiria, que estão, neste momento, a disputar a final do Prix de Lausanne 2021.

Annarella e os cinco estudantes selecionados para o Prix de Lausanne Fotos: Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez

Os três bailarinos foram apurados ontem, sexta-feira, e estão a competir pelo prémio ao lado de outros 17 candidatos.

A final começou às 13 horas (de Portugal) deste sábado, 6 de fevereiro, e prolonga-se até às 15h35, depois de todos os finalistas terem apresentado uma variação de clássico e uma de contemporâneo.

A fase final da competição decorre online, em direto, e é possível acompanhá-la na página de internet do Prix de Lausanne 2021.

O público também pode fazer parte do espetáculo, já que os candidatos ao prémio estão a votos online para se encontrar o “favorito do público”.

Inicialmente, estava previsto a competição realizar-se em Montreux, na Suíça, mas devido às restrições provocadas pela pandemia, está a decorrer em formato digital.

Além dos três finalistas, o conservatório Annarella levou à competição Laura Viola e Maia Roberts que ontem apresentaram uma variação de clássico e um solo de contemporâneo ao lado de 82 bailarinos de todo o mundo.

O Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez é a única escola a representar Portugal na 49ª edição da competição.

A competição destina-se a jovens bailarinos que queiram seguir uma carreira profissional de ballet clássico.

Annarella leva cinco bailarinos a competição internacional na Suíça