Assinar


Cultura

Lenda da mais célebre abóbada do Mosteiro da Batalha inspira filme que estreia hoje na RTP1

A história da cobertura da Sala do Capítulo inspirou gerações. Agora, é também motivo para um telefilme rodado no monumento Património Mundial da Humanidade.

“A abóbada”, telefilme realizado no Mosteiro da Batalha a partir da adaptação de conto homónimo de Alexandre Herculano, estreia esta sexta-feira, 26 de fevereiro, na RTP1.

A produção foi rodada nos últimos meses de 2020 no Mosteiro da Batalha, avança o município, e o resultado é exibido pela primeira vez esta noite, às 22h45.

A célebre lenda sobre a abóbada da Sala do Capítulo, da autoria de Alexandre Herculano inspirada em Afonso Domingues, mestre arquiteto do Mosteiro da Batalha, inspira o telefilme, que conta José Martins, João Catarré, Maya Booth, Filipe Varga e Tobias Monteiro – natural da Batalha – no elenco.

A famosa abóbada é o centro desta interessante narrativa segundo a qual Afonso Domingues quis morrer na Sala do Capítulo, em cumprimento de um voto fatal em que terá expresso a famosa frase: “A abóbada não caiu, a abóbada não cairá!”.

Contudo, estudos recentes apontam para que a abóbada em causa será da autoria do arquiteto irlandês David Huguet, assumindo-se como válida a hipótese de que tenha sido reconstruída por Martim Vasques.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.