Assinar
Leiria

Leiria é das cidades em Portugal com mais qualidade de vida

Estudo da DECO realizado em 12 cidades portuguesas revela ainda que Leiria foi o município com melhor desempenho durante a crise gerada pela pandemia.

Leiria é a segunda cidade com mais qualidade de vida e a que respondeu melhor à crise provocada pela pandemia. A conclusão é de um estudo da Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) que envolveu perto de 3.500 portugueses.

Os leirienses dizem estar satisfeitos com o local onde vivem, com uma média de 7,1 (numa escala de 0 a 10), ficando atrás de Viseu, que alcança 7,4, e com o mesmo valor de Braga (7,1). Já quem está em Évora, Lisboa, Porto e Setúbal encontra mais razões que desagradam nos respetivos centros urbanos, revela a DECO.

Habitação, custo de vida e emprego e mercado de trabalho são as áreas que originam habitantes mais insatisfeitos. A pandemia veio piorar a qualidade de vida nas 12 cidades analisadas, mas Leiria foi o município com melhor desempenho durante a crise do coronavírus.

Das dez vertentes avaliadas neste inquérito, o custo de vida, a segurança e criminalidade e a limpeza e gestão de resíduos são as que têm maior impacto na qualidade de vida nas cidades. Viseu encontra-se acima da média nestes três critérios. Também Leiria considera a limpeza e gestão de resíduos com uma satisfação acima da média (6,8, atrás de Viseu e Castelo Branco).

Para cada área avaliada, os portugueses responderam sobre a avaliação que faziam entre o momento em que responderam ao inquérito, no final de 2020, e o período imediatamente anterior à crise do coronavírus. “Embora na maioria das cidades os inquiridos defendam que está tudo na mesma, há diferenças nalguns critérios. É o caso de um terço dos lisboetas que responderam ao inquérito, os quais consideram que o meio ambiente e a poluição melhoraram. Para esta opinião, deve ter contribuído o confinamento e o menor número de carros a circular em Lisboa”, esclarece a DECO.

O mercado da habitação, onde foi avaliada a oferta de casas e os respetivos preços, é a área com uma apreciação média mais baixa: 5,1 em 10 pontos. Leiria fica acima desta média, com o valor de 5,5, ocupando a quarta oposição, depois de Castelo Branco, Braga e Viseu.

Leirienses satisfeitos com desempenho do município durante a pandemia

O mesmo estudo analisou também a opinião dos inquiridos sobre a qualidade de vida há cinco anos, há dois anos, imediatamente antes da crise do coronavírus e quando responderam ao inquérito, entre outubro e novembro de 2020. E Leiria destacou-se neste critério.

“Os inquiridos de Leiria revelaram-se os mais satisfeitos com o desempenho municipal, desde o momento em que a crise do coronavírus começou (março de 2020) até à altura em que preencheram o inquérito, no final de 2020, apesar de um decréscimo do nível de satisfação”.

Para avaliar o grau de satisfação dos portugueses com vários aspetos da cidade onde vivem, foi realizado um inquérito online, entre outubro e novembro de 2020, aos subscritores das revistas DECO e a uma amostra proporcional da população adulta residente nas cidades selecionadas. O inquérito foi realizado aos habitantes das 12 capitais de distrito com mais população: Aveiro, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Setúbal, Viana do Castelo e Viseu. No total, os resultados são baseados em 3487 respostas válidas.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.