Assinar
Mercado Exclusivo

“São muitas as empresas que têm olhado para Portugal como destino de investimento na área da tecnologia”

Num mundo que caminhava a passos largos para a digitalização, o processo acelerou-se com a pandemia e deixou algumas pessoas de fora, menos familiarizadas com esta realidade ou sem meios para aceder a ela plenamente. No horizonte, há uma estratégia para reduzir esse desequilíbrio. André de Aragão Azevedo, secretário de Estado para a Transição Digital, explica os planos para o futuro.

imagem do secretário de estado para a transição digital André de Aragão Azevedo

A pandemia deixou-nos mais dependentes da tecnologia. Este último ano mostrou-nos que estamos muito mais longe da sociedade verdadeiramente digital que o Governo nos prometia? Se, por um lado, a pandemia empurrou muitas pessoas, serviços e instituições para o digital, por outro deixou pessoas sem acesso a um mundo que passou a operar de uma forma que não dominam…