Assinar


Alcobaça

CDU candidata Clementina Henriques à Câmara de Alcobaça

A deputada municipal assume com esta candidatura o desafio de “tornar o concelho mais desenvolvido e equilibrado”.

Eleita na Assembleia Municipal (AM) de Alcobaça há dois mandatos, Clementina Henriques vai encabeçar a lista da CDU à Câmara nas próximas eleições autárquicas, visando “agir em todo o concelho e resolver alguns dos problemas que se arrastam”.

“A experiência e o conhecimento adquirido ao longo dos mandatos na AM impulsionam-me para uma ação mais ativa, próxima das pessoas e dos seus problemas concretos”, sustenta a candidata, citada num comunicado da concelhia da coligação formada por PCP e “Os Verdes”.

“Tornar o concelho mais desenvolvido, mais equilibrado e mais atrativo é o desafio que me move”, afirma ainda Clementina Henriques, natural de Porto Mós e que há vários anos escolheu Alcobaça para viver.

Clementina Henriques, de 73 anos, é licenciada em Sociologia Política com mestrado em Economia e Política Social. Atualmente aposentada, a candidata desenvolveu várias atividades profissionais, entre as quais agente de viagens, bancária, empresária e docente universitária.

É dirigente associativa no Conselho Nacional da Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura Recreio e Desporto (CPCCRD), na Confederação Portuguesa de Economia Social (CPES) e na Confederação Portuguesa de Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME). Foi eleita para a Assembleia Municipal de Alcobaça há dois mandatos, órgão a que a coligação apresenta nas próximas eleições, como cabeça de lista, o engenheiro eletrotécnico António Raposo.

No concelho, o CDS-PP já tinha anunciado como cabeça de lista o professor António Vieira, o PSD o atual vice-presidente, Hermínio Rodrigues, e o PS o comandante do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria e antigo vereador, Carlos Guerra.

A Câmara de Alcobaça é liderada pelo social-democrata Paulo Inácio, que não se recandidata devido à limitação de mandatos definida por lei. O PSD conta com quatro eleitos no executivo, que integra ainda dois vereadores do PS e um do CDS-PP.

Segundo a lei, as eleições autárquicas decorrem entre setembro e outubro.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.