Assinar
Sociedade Exclusivo

Vinhos com história são património com potencial turístico

Os vinhos com história das Cortes são uma memória longínqua para muitos dos leirienses. A memória de ruas pintadas a vermelho onde o cheiro a vinho inebriava quem passava. O eco de um passado romântico que acabou por desaparecer e que nós fomos recuperar.

Enxertia na Quinta da Serradinha, Barreira Foto: Joaquim Dâmaso

Os vinhos com história das Cortes inserem-se na Região da Estremadura Portuguesa, atual região de Lisboa. Esta região apresenta uma multiplicidade climática orográfica e podológica única, onde a influência atlântica é um denominador comum. Este manto de retalhos geográficos, pela possibilidade de diferenciação em terroirs únicos, suscitou-me a preocupação de perceber o potencial que este, o das Cortes, apresenta, qual a sua relevância no passado e, analisando o presente, refletir sobre o que se perdeu e o que se poderia ou deveria reconstruir.