Assinar
Caldas da Rainha

Estudantes do Politécnico de Leiria representam Portugal em competição europeia de inovação

Projeto das Caldas da Rainha está na lista das melhores ideias de negócio de estudantes da competição Europe Enterprise Challenge, a disputar entre 28 de junho e 15 de julho, em formato online.

Rafael Pereira e Salomé Novo, licenciados na Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha (ESAD. CR), constituem a equipa Mute, que vai representar Portugal na competição Europe Enterprise Challenge, que reúne as melhores ideias de negócio de estudantes da Europa. O evento acontece entre 28 de junho e 15 de julho, em formato online.

A presença na competição europeia surge depois dos jovens terem vencido o programa Start Up da Junior Achievement Portugal com o projeto “Mute Música Têxtil”, desenvolvido no âmbito do último ano da licenciatura em Design Industrial.

Rafael Pereira e Salomé Novo, récém-licenciados em Design Industrial, na Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha

O negócio criado pelos jovens consiste num “módulo de canto para isolamento de frequências e reverberações acústicas, realizado a partir de desperdícios têxteis, alternativo aos painéis de parede em espumas sintéticas” e é destinado a aplicações profissionais na indústria da música, bem como outras vertentes, nomeadamente o espaço doméstico, avança o Politécnico de Leiria.

Segundo uma nota de imprensa, a ideia nasceu da “observação de problemas detetados na produção, aplicação e utilização dos painéis acústicos convencionais” e de preocupações ambientais e ecológicas partilhadas pelos dois criadores do negócio.

Projeto “Mute Música Têxtil”, desenvolvido a partir de desperdícios têxteis

Salomé e Rafael adiantam ter sido uma “experiência muito inesperada”. “Procurámos, mais do que tudo, divertir-nos, apresentando a ideia de uma forma simples e envolvente. Para nós é um orgulho levarmos a ESAD.CR connosco, com um projeto sustentável, que acreditamos ser o seu ponto mais valioso. Estamos ansiosos para encarar a nova final, sem expectativas, mas com muita ambição”.

Na competição nacional do programa Start Up da Junior Ahievement (JA), que ocorreu no passado dia 26 de março, participaram 26 equipas de nove instituições de ensino superior do país, que tiveram a oportunidade de aprender a criar e gerir uma empresa fictícia, bem como acerca da estrutura do sistema empresarial e dos benefícios do mesmo.

Europe Enterprise Challenge é uma competição europeia que acontece anualmente e junta as melhores equipas do programa Start Up da JA, disponível em mais de 500 instituições de ensino superior na Europa. Todos os anos, participam cerca de 17 mil estudantes neste programa de inovação e empreendedorismo, que promove as “competências essenciais para garantir que os jovens estão preparados para o sucesso após a universidade”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.