Assinar
Sociedade

Novo núcleo de formação superior de Pombal arranca já no próximo ano letivo

A cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação entre o Município de Pombal e o Politécnico de Leiria aconteceu esta sexta-feira, dia 2 de julho.

A cidade de Pombal terá um novo núcleo de formação superior do Politécnico de Leiria (IPL) a funcionar já no arranque do próximo ano letivo (2021-2022), onde serão ministrados seis cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), definidos de acordo com as tendências de empregabilidade e as necessidades do tecido empresarial da região.

O protocolo de cooperação entre o Município de Pombal e o IPL foi assinado esta sexta-feira, dia 2, numa cerimónia que contou com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

O presidente da Câmara Municipal de Pombal, Diogo Mateus, destacou a importância deste núcleo para “melhorar a produtividade e a competência dos cidadãos”.

“Um território como Pombal consegue, com o ensino profissional até ao 12º ano, atrair alunos de 20 concelhos diferentes”, destacou o autarca, lembrando que, a partir de agora, com a criação deste novo núcleo do IPL, estes alunos poderão prosseguir os seus estudos para o Ensino Superior, também em Pombal.

“Este alunos terão nesta oferta do ensino superior profissional boas respostas para o que procuram”, referiu Diogo Mateus, frisando ainda que “este era um passo que Pombal precisava de dar há muitos anos e que as empresas sentiam como necessário”.

De acordo com o autarca, o novo núcleo de formação entrará em funcionamento, em setembro, com seis cursos e cerca “de cinco ou dez turmas” mas, no futuro, o objetivo é alargar a oferta formativa.

Para já, estão previstos os seguintes cursos técnicos superiores: Comunicação Digital, Intervenção Social e Comunitária, Inovação e Tecnologia Alimentar, Marketing Digital do Turismo, Secretariado Clínico e Gerontologia.

O Presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, destacou a relevância deste novo núcleo de formação, em Pombal, para o desenvolvimento regional. O IPL é “uma instituição do ensino superior global, multicultural, mas com o foco no desenvolvimento regional e, foi por isso, que decidimos vir para Pombal”, justificou.

“Sabemos que só há um desígnio do conhecimento e que para sermos uma sociedade com mais conhecimento, mais alegre e com melhores salários temos de aprender mais. Há uns períodos da nossa vida que nos podemos deslocar para uma determinada instituição, mas há outros em que temos de aprender onde trabalhamos”, disse à Lusa o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Manuel Heitor acrescentou que o “ensino superior a proximidade é um fator absolutamente decisivo para o futuro de Portugal”, ao referir que existem no país formações curtas em 125 localidades e, “no próximo ano letivo serão 134”.

“Vivemos num mundo em contínua mudança e, por isso, temos de estar sempre a aprender. A única forma de estar sempre a aprender é ter ensinos diferentes, muito diversificados e de proximidade. Perante o exemplo do Politécnico de Leiria em alargar o seu âmbito a diferentes municípios é particularmente importante, porque hoje sabemos que o conhecimento cria emprego”, sublinhou o governante socialista.

O novo núcleo funcionará na Zona Industrial da Formiga, em Pombal, numa infra-estrutura provisória. O edifício destinado para a sua instalação definitiva será cedido pelo Município de Pombal, e, conforme o protocolo celebrado, ficará disponível, em 2023, após obras de reestruturação.

com Lusa
Foto de arquivo

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.