Assinar
Leiria

Base Aérea de Monte Real reforça policiamento aéreo no Báltico

Desde 2007 que Portugal participa em missões de policiamento aéreo no Báltico, no âmbito da NATO.

A partir da próxima quarta-feira, dia 1 de setembro, e até 30 de novembro, 84 militares e quatro aeronaves F16, da Base Aérea de Monte Real (BA5) vão operar a partir da Base de Siauliai, na Lituânia, na quinta participação nacional no Baltic Air Policing, no âmbito das Assurance Measures da NATO.

A participação nacional destacada para a missão Baltics Enhanced Air Policing 2021 (F16), recebeu, na passada segunda-feira, a visita do Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches.

“A projeção dos militares portugueses para o Báltico tem tido a preocupação de integrar elementos muito diversos na equipa de apoio aos F16. Desde as equipas médicas, aos meteorologistas, à manutenção e à comunicação pública, ou ainda aos controladores aéreos, e naturalmente aos pilotos-aviadores – todas estas dimensões se relevaram da maior importância para o sucesso das sucessivas missões nacionais no Báltico, no âmbito da NATO”, afirmou o Secretário de Estado, destacando o empenho e sucesso nas quatro missões anteriores, realizadas desde 2007.

As missões de policiamento do espaço aéreo dos países bálticos têm como objetivo identificar e intercetar aeronaves que não cumpram com as regras internacionais da aviação ou que sejam um potencial risco para o tráfego aéreo e para a segurança coletiva.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.