Assinar
Desporto

Paralímpicos: Beatriz Monteiro afastada do torneio de badminton nos ‘quartos’

A atleta estuda nas Caldas da Rainha, em regime aluna-atleta numa Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola (UAARE).

A portuguesa Beatriz Monteiro foi hoje derrotada no jogo dos quartos de final do torneio de badminton SU5 dos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, ao perder com a japonesa Akiko Sugino por 2-0 (21-5 e 21-12).

Beatriz Monteiro conquistou o 15º diploma para Portugal Foto: Comité Paralímpico de Portugal/Carlos Alberto Matos

No primeiro jogo do dia, ainda relativo à fase de grupos, Beatriz Monteiro, 10.ª da hierarquia mundial, impôs-se a Rita Asiimwe, do Uganda, por 2-0 (21-2 e 21-5).

A atleta estuda nas Caldas da Rainha, em regime aluna-atleta numa Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola (UAARE).

Na fase de grupos, Beatriz Monteiro, que aos 15 anos se tornou na atleta portuguesa mais jovem a participar em Jogos Paralímpicos, venceu a holandesa Megan Hollander, por 2-0 (21-12 e 21-19), e perdeu com a chinesa Qiuxia Yang, líder da hierarquia mundial, por 2-0 (21-10 e 21-9).

A classificação de Beatriz Monteiro entre as oito melhores no torneio de badminton, modalidade que se estreou no programa paralímpico, assegurou a conquista do 15.º diploma para Portugal.

RL com Lusa

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar