Assinar
Autárquicas 2021

PSD ganha 15.674 votos e PS perde 5.225 em relação às últimas autárquicas

Social-democratas e socialistas com o mesmo número de câmaras municipais

O PSD e o PS conquistaram seis presidências de câmaras municipais, enquanto as listas apresentadas por grupos de cidadãos garantiram quatro, faltando esta segunda-feira, dia 27, apurar os resultados correspondentes às eleições autárquicas na freguesia da Moita, no concelho da Marinha Grande.

Pedro Pimpão (PSD) garantiu a vitória em Pombal

Os social-democratas vão governar durante os próximos quatro anos em maioria absoluta, já os socialistas só estão em posição igual em quatro das autarquias que ganharam. As listas de grupos de cidadãos têm maioria absoluta num dos casos.

Quanto ao número de mandatos, o PSD garantiu 44, mais um do que o PS. Os grupos de cidadãos conseguiram 13 mandatos, enaquanto a CDU ficou com três e a lista PSD/CDS com dois. Pelas 10h00 estão apurados 105 do total de 108 mandatos.

No que respeita o número de votos, o PSD conseguiu 75.587, à frente do PS (73.975), grupos de cidadãos (24.416), CDU (9.851), CDS (2.840) e PSD/CDS (698).

Estes dados significam que o PSD obteve mais 15.674 votos que nas eleições autárquicas de 2017, enquanto as restantes listas com mandatos atribuídos atraíram menos eleitores, com exceção dos grupos de cidadãos que têm mais 4.704. O CDS regista menos 9.878, seguindo-se o PS (-5.225), CDU (-3.306), coligação PSD/CDS (-2.868).

Há quatro anos, a coligação PSD/MPT conquistou três mandatos, mas não concorreu às eleições deste domingo.

As listas compostas por grupos de cidadãos ganharam mais três câmaras, mais uma maioria absoluta e mais dois mandatos, em comparação com os resultados de há quatro anos.

A coligação PSD/CDS e o CDS, que não têm presidências, perderam dois mandatos cada. Os socialistas perderem uma câmara municipal, duas maiorias absolutas e três mandatos. Os social-democratas perderam duas presidências de municípios e uma maioria absoluta, mas ganharam três mandatos.

A abstenção, de 46,55%, reflete um ligeiro aumento de 0,56 pontos percentuais em relação ao resultado alcançado em 2017.

O número de votantes – 220.579 – é inferior em 5.805 em relação às últimas autárquicas. O número de inscritos também baixou, para 412.688 (-6.501).

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.