Assinar
Cantinho dos Bichos

Foca-cinzenta dá à costa em praias da região

Após o último avistamento, o animal regressou sozinho ao mar, pelo que é possível que volte a dar à costa, mais a sul.

Nos últimos dias, uma foca-cinzenta tem escolhido as praias da região de Leiria como ponto de paragem, ao final do dia, e repousar até à manhã seguinte.

A espécie apareceu num primeiro momento na praia do Osso da Baleia, em Pombal Foto: APAMG

O animal foi avistado na terça-feira, dia 5, na praia do Osso da Baleia, no concelho de Pombal, e no último sábado passou a noite no areal da Praia do Pedrógão, em Leiria.

Os elementos da Naturalis, associação que se dedica à fotografia do património natural da região e à proteção ambiental, já estavam atentos à atividade do mamífero: “Já tínhamos conhecimento que ela tinha sido avistada há uns dias na ria de Aveiro, depois foi vista no Osso da Baleia, tudo indicava que estava a descer a costa”, conta João Mourinho.

Quando detetaram a presença da foca-cinzenta no areal, no sábado à noite, a associação fez uma primeira análise e verificou que o animal tinha “a respiração um bocadinho acelerada” e “um ferimento abaixo do pescoço e outro no peito”.

De imediato entraram em contacto com o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM) – Ecomare, com quem trocaram informações e enviaram fotografias e vídeos.

“Deram-nos a informação de que a foca já estava a ser seguida desde a Galiza, em Espanha, e através das nossas fotos e vídeos perceberam que os ferimentos já vinham desde aí, que estava tudo bem, e que a respiração podia ter a ver com o nível de stress”, adianta João Mourinho.

A presença de várias pessoas junto do animal poderia estar a despoletar esse elevado nível de stress, pelo que os elementos da Naturalis alinharam esforços para dispersar quem se encontrava em redor.

Quanto aos ferimentos, eles são comuns e acontecem quando o mamífero nada em zonas com rochas e, por ser “pesado e desajeitado”, pode facilmente ferir-se, explicam.

Segundo a mesma fonte, é raro esta espécie aparecer na região de Leiria, o que pode despertar a curiosidade das pessoas, mas é importante que mantenham o máximo de distância do animal e contactem de imediato as entidades competentes, nomeadamente o CRAM – Ecomare, o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR ou a Autoridade Marítima Nacional.

No domingo, pela manhã, a foca-cinzenta já tinha partido para uma nova viagem, pelo mar, e é possível que volte a dar à costa, mais a sul.

Prova disso é que, dias mais tarde, a 11 de outubro, foi vista na Praia das Paredes da Vitória e o último avistamento aconteceu no fim de semana seguinte, na zona de Peniche. O momento ficou registado em vídeo.

Se avistar o animal, contacte o CRAM – Ecomare (919 618 705), o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR (213 217 000) ou a Autoridade Marítima Nacional (210 984 090).

(notícia atualizada às 13 horas de 20 de outubro de 2021 com informações sobre a localização mais recente do animal)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.