Assinar


Leiria

Meia centena de bombeiros combatem fogo em detritos às portas da cidade de Leiria

Segundo informação da Proteção Civil, não há habitações em perigo (com vídeo)

Os meios de combate às chamas foram reforçados ao início da noite FERNANDO RODRIGUES

São perto de 50 os bombeiros destacados para combater o incêndio que deflagrou esta tarde na zona da Curvachia e Famalicão, ex-freguesia das Cortes, concelho de Leiria.

Segundo os dados do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria, estavam no terreno, às 19h15, 47 elementos das quatro corporações do concelho, entre sapadores e voluntários, apoiados por 18 veículos.

O fogo deflagrou cerca das 17 horas em detritos inicialmente considerados confinados, numa unidade fabril desativada, que se apurou ser um antigo aviário. O CDOS alterou entretanto a classificação da ocorrência para “detritos não confinados” dada a dimensão do amontoado de resíduos.

Segundo José Rito, comandante dos Sapadores de Leiria, o incêndio estava contudo circunscrito à unidade, não pondo habitações em perigo.

Uma nuvem de fumo negro avistada de vários pontos da cidade de Leiria alertou a população, devendo-se a intensidade e a cor do fumo ao tipo de detritos e lixos queimados, entre os quais madeira, plásticos e entulhos, explicou o responsável ao REGIÃO DE LEIRIA.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.