Assinar


Sociedade

Prisão preventiva para mulher suspeita de dois furtos na Batalha

Crimes foram cometidos na sexta-feira, em duas habitações no concelho da Batalha.

imagem dos coldres de dois militares da GNR

Uma mulher de 34 anos indiciada da prática de dois crimes de furto qualificado no concelho da Batalha vai aguardar julgamento em prisão preventiva, anunciou a Procuradoria da República da Comarca de Leiria.

Segundo a Procuradoria, os crimes foram cometidos na sexta-feira, em duas habitações no concelho da Batalha.

“Nessas circunstâncias, a arguida dirigiu-se, primeiro, a uma das residências, onde entrou por uma porta que estava fechada, mas não trancada. Do interior da habitação, a arguida retirou as chaves de um veículo, no valor de 150 euros, apoderando-se das mesmas”, lê-se no sítio na Internet da Procuradoria.

Depois, a suspeita “dirigiu-se à outra residência, onde se introduziu forçando para o efeito a porta de entrada, daí retirando bens de valor não inferior a 175 euros, de que se apoderou”.

A arguida, já anteriormente condenada, por duas vezes, pela prática do crime de tráfico de menor gravidade, inclusive em pena de prisão efetiva, foi detida em flagrante delito pela GNR, adiantou a Procuradoria.

“O tribunal de turno, em consonância com o promovido pelo Ministério Público, determinou que a arguida aguardasse os ulteriores termos do processo sujeita à medida de coação de prisão preventiva”, acrescentou.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar