Assinar
Sociedade Exclusivo

Chuva de março insuficiente para aumento significativo de água nas albufeiras de Cabril e Castelo de Bode

“Seria necessário chover de forma bastante regular” durante este mês e abril para contornar o panorama, defende Pedro Santos, da Quercus.

A albufeira de Cabril, em Pedrógão Grande, registou em fevereiro 34,9% da capacidade máxima: uma redução em mais de metade, quando comparada com o volume de água em fevereiro de 2021 Foto de Arquivo

A diminuição do volume de água armazenado nas albufeiras tem estado no cerne das preocupações de ambientalistas, e não só. Numa análise aos dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH), constata-se um significativo decréscimo nas albufeiras das barragens de Cabril, em Pedrógão Grande, e Castelo de Bode, em Tomar, entre 2021 e 2022.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados