Assinar
SOS Ucrânia

CTT distribuem gratuitamente encomendas e correio vindo da Ucrânia

O gesto solidário estende-se até maio e surge na sequência da recolha de bens para a Ucrânia realizada no início de março.

O operador postal da Ucrânia fica dispensado de pagar os custos de "processamento e entrega" de encomendas

Até ao próximo mês, maio, os CTT – Correios de Portugal vão distribuir gratuitamente todo o correio e encomendas que o operador postal da Ucrânia, Ukrposhta, enviar para distribuição em Portugal, anunciaram os CTT em comunicado.

Desta forma, o operador postal daquele país fica dispensado do pagamento dos custos inerentes ao serviço dos CTT, no que diz respeito ao “processamento e entrega” de objetos.

Trata-se de uma campanha que visa “facilitar a receção de bens enviados desde a Ucrânia para os milhares de refugiados” que chegaram nas últimas semanas a Portugal.

Este gesto solidário surge no seguimento da recolha de bens que os Correios de Portugal dinamizaram no início de março e resultou no envio de “40 toneladas de donativos” para a fronteira entre a Ucrânia e a Polónia, lê-se no mesmo comunicado.

Na recolha de bens juntaram-se como parceiros logísticos, a Galp, a TAP, os Transportes Bernardo Marques, Transportes Pascoal e Transportes Figueiredo e Figueiredo.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.