Assinar
Mercado

Empresas da Região de Leiria recebem mais dois milhões para apoio à produção nacional

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria vai ainda entregar mais de um milhão de euros às candidaturas já aprovadas, mas que aguardam decisão final.

Na primeira fase, vão ser apoiada mais 17 empresas na área industrial Foto de Arquivo

Dezassete empresas da Região de Leiria vão receber cerca de dois milhões de euros do Programa de Apoio à Produção Nacional (PAPN), anunciou a Comunidade Intermunicipal.

Numa nota de imprensa, a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) referiu que “foi concluído o processo de decisão final sobre todas as candidaturas apresentadas ao PAPN” da CIMRL, “o que vai permitir, nesta primeira fase, apoiar mais 17 empresas na área industrial, com cerca de dois milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER)”.

Segundo a CIMRL, “no total, foram apresentadas 216 candidaturas por empresas da Região de Leiria, a que correspondiam intenções de investimento superior a 40 milhões de euros”.

Após análise, a CIMRL “propôs a aprovação de cerca de 40% das candidaturas, que representam um investimento total superior a 12 milhões de euros, a que corresponde um apoio FEDER de 4,6 milhões de euros”, a dotação global deste programa afeta à Comunidade Intermunicipal.

Citado no mesmo comunicado, o presidente da CIMRL, Gonçalo Lopes, afirmou que o “PAPN veio demonstrar a dinâmica empresarial da Região de Leiria, pois foram apresentadas candidaturas em valor muito superior à dotação disponibilizada pelo Governo e pelo Programa Operacional do Centro – Centro 2020”.

“Mais empresas poderiam ter sido apoiadas se a dotação fosse superior, pelo que no futuro Portugal 2030 é fundamental reforçar esta abordagem descentralizada de apoio aos pequenos projetos empresariais”, defendeu Gonçalo Lopes, também presidente da Câmara Municipal de Leiria.

No âmbito do PAPN, a Comunidade Intermunicipal “ainda vai entregar um valor superior a um milhão de euros, para as candidaturas já aprovadas, mas que aguardam decisão final da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro”, explicou hoje à Lusa o 1.º secretário da CIMRL, Paulo Batista Santos.

Segundo informação no portal de Portugal 2020, o Programa de Apoio à Produção Nacional “é uma iniciativa da área governativa da Coesão Territorial destinada ao investimento empresarial produtivo, com o objetivo de estimular a produção das micro e pequenas empresas e, simultaneamente, reduzir a sua dependência face ao exterior”.

“O programa apoia investimentos que permitam alterar os processos produtivos das empresas e apoiá-las na transição digital e energética. Estes investimentos comportam maquinaria e equipamentos, serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e de certificação, promovendo a melhoria da produtividade num contexto de novos modelos de negócios, com o compromisso de não reduzir os postos de trabalho”, lê-se no site.

A CIMRL integra os Municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados